Guará confirma segundo caso da variante Delta do coronavírus

O hospital de campanha, que atende pacientes da Covid-19, em Guará; novos casos da Delta (Foto: Marcelo A. dos Santos)

Da Redação
Guaratinguetá

A RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) segue em alerta com diagnósticos da variante Delta do novo coronavírus. Nesta quarta-feira (11), durante coletiva de imprensa, a secretaria de Saúde de Guaratinguetá, Maristela Macedo confirmou o segundo caso da mutação genética da Covid-19 na cidade.

A contaminação é de um paciente entre 20 e 30 anos e já vacinado com as duas doses da vacina contra a doença.

Segundo a pasta da Saúde, o paciente teve sintomas leves, e evoluiu bem à doença, não necessitando de internação. A secretaria recebeu a confirmação na última sexta-feira (6).

Originária da Índia e mais contagiosa, o primeiro caso da Delta em Guaratinguetá foi confirmado pelo Instituto Butantan no dia 15 de julho, que se tratava de uma mulher de 29 anos. A paciente, a época da identificação da variante, já havia recebido a primeira dose da vacina. A jovem teve sintomas gripais leves e também não necessitou de internação. Na mesma data, Pindamonhangaba registrou o primeiro de caso da Delta em um homem de 44 anos. Ambos os casos foram os primeiros confirmados na RMVale.

Região – Além da nova confirmação em Guaratinguetá, outros sete municípios da RMVale registraram casos de contaminação pela variante Delta.

Os demais moradores contaminados são moradores de: Ubatuba (1), Caraguatatuba (1), Cruzeiro (2), Potim (1), Roseira (2), Pindamonhangaba (1) e São José dos Campos (2).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?