Prefeitura de Cruzeiro retoma atualização cadastral do IPTU

Administração pretende atender mais de seis mil residências com ação, paralisada pela pandemia da Covd-19

Bairro de Cruzeiro que aguarda tramites da atualização cadastral; Prefeitura realiza trabalho com fiscais em cinco zonas (Foto: Rafaela Lourenço)

Thamiris Silva
Cruzeiro

Os problemas na entrega dos carnês do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) têm prejudicado a população e a Prefeitura de Cruzeiro. Para facilitar o trâmite, o Município retomou o trabalho de atualização cadastral, paralisado em 2020 pela pandemia de Covid-19.

Iniciado em janeiro do ano passado, o serviço foi pausado por um ano e retornou no último dia 13. De acordo com a administração, a visitação está sendo dividida em zonas. No momento, somente o segundo núcleo está recebendo os fiscais, que integram os bairros como Jardim América, Jardim Paraíso, Vila Biondi e Vila João Batista.

A indicação para os moradores que perderam as visitas é buscar a notificação na caixa de correspondências da residência e, após a confirmação, procurar o departamento de cadastro, na Prefeitura para atualizações necessárias.
“Nós acreditamos que em boa parte dos imóveis teremos que fazer uma segunda visita. Até mesmo porque é uma coisa nova, pessoal até ficou meio desconfiado com isso. A gente soltou um comunicado nas redes sociais sobre o trabalho”, lembrou o secretário de Finanças, Júlio Martins.

Além de se identificar com crachás e uniformes oficiais da Prefeitura, os agentes de fiscalização obedecem aos protocolos sanitários de prevenção da Covid-19, recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).
“A previsão é que até o final do ano a gente consiga fazer no mínimo dez mil atualizações. Porque na verdade nós temos em Cruzeiro hoje, trinta mil cadastros, destes pelo menos 30% precisa de atualização”, divulgou Martins, a respeito da expectativa para o trabalho até o final do ano.

No atendimento, os moradores devem apresentar documento oficial, que comprove a legitimidade da residência em seus nomes. Em caso de locatário, a solicitação precisa ser enviada ao proprietário do imóvel.
“A zona 1 (que contempla bairros como Itagaçaba, Centro, Célia Faleiro da Silva, Portal da Mantiqueira, Retiro de Mantiqueira) ainda está em fase de credenciamento. Ganhou várias residências novas, porque eles participaram daquele programa do Governo do Estado, o Cidade Legal. Então ainda está em processo de transferências de imóveis, criação de matriculas”, explicou o secretário.

Os interessados em saber mais sobre o trabalho devem procurar a secretaria municipal de Finanças, na rua Capitão Neco, n° 16, primeiro andar, no Centro. As pessoas que tiverem dificuldade de locomoção podem solicitar atendimento pelo telefone 3600-3435 ou pelo e-mail assessoria.financas2@cruzeiro.sp.gov.br, no período das 11h às 17h de segunda à sexta-feira.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?