Destaque em homicídios, Cruzeiro amplia de efetivo da GCM e de câmeras dos COI

Força municipal de Segurança passa a contar com setenta agentes, que passam por qualificação para trabalho armado; escolas e UBS´s terão sistema de videomonitoramento

Guarda Civil Municipal de Cruzeiro, que teve aumento do efetivo para aumentar a segurança pública (Foto: Divulgação PMC)

Lucas Barbosa
Cruzeiro

Cidade mais violenta da região no primeiro trimestre deste ano, Cruzeiro anunciou na última semana dois reforços para a segurança pública. Além de se preparar para ampliar o número de câmeras de videomonitoramento do COI (Centro de Operações Integradas), a Prefeitura iniciou o treinamento dos 12 novos agentes da GCM (Guarda Civil Municipal).

De acordo com a secretaria de Segurança Pública, a primeira etapa de preparação dos novos membros da GCM foi realizada ao longo da última semana na área externa do Museu Major Novaes, no bairro Vila Canevari. Com a futura incorporação do grupo, a GCM passará a contar com um contingente de setenta agentes.  Formada por sete homens e cinco mulheres, a equipe de iniciantes receberá nos próximos quatro meses treinamentos ministrados pelas polícias Civil e Militar, Defesa Civil e departamento de Trânsito. A última fase da capacitação será realizada no Centro de Treinamento da Guarda Civil Municipal de São José dos Campos, onde ocorrerão aulas de manuseio de armas de fogo e de prática de tiro.

A expectativa municipal é que a GCM armada comece a atuar até o fim deste ano, mas isto dependerá do andamento dos trâmites burocráticos legais. O novo modo de trabalho da corporação é uma das apostas da gestão do prefeito, Thales Gabriel Fonseca (PSD) para melhor auxiliar as polícias Civil e Militar no combate à criminalidade. Desde o ano passado, a cidade enfrenta uma onda de assassinatos motivada por uma disputa entre quadrilhas rivais dos bairros Itagaçaba, Vila Batista, Vila Loyelo e Vila Romana. Os conflitos contribuíram para que a cidade fechasse 2021 como a terceira mais violenta da região, com 42 vítimas de assassinato. A situação permanece preocupante neste ano, já que o município liderou o ranking da violência regional no primeiro trimestre, com um saldo de 12 moradores mortos.

Outra medida anunciada pela Prefeitura na última semana foi que em breve todas as escolas municipais e UBS´s (Unidades Básicas de Saúde) contarão com câmeras de videomonitoramento interligadas ao sistema do COI, onde os GCM´s acompanham a movimentação de diversos pontos da cidade.  Apesar de não revelar o prazo e o número de aparelhos de filmagem que serão instalados, o secretário de Segurança Pública, José Antônio Paiva, afirmou que em breve será aberto o processo licitatório para a aquisição dos equipamentos. “O videomonitoramento é uma das maiores ferramentas já disponibilizadas, tanto previne o crime como auxilia posteriormente na elucidação. Os índices de furto e roubo, sejam comuns ou de veículos, estão em frequente queda em Cruzeiro, que conta com mais de setenta câmeras do COI”, destacou Paiva. “Estamos usando a tecnologia a nosso favor. Assim que entrarem em ação, as ampliações dos pontos de videomonitoramento e do efetivo da GCM trarão a sensação de segurança necessária à população”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?