Cachoeira anuncia sistema de monitoramento na praça principal

Implantação de câmeras 24 horas do COI promete fortalecer combate à criminalidade

A praça Prado Filho, que deve receber a instalação de câmeras para iniciar o projeto de videomonitoramento (Foto: Arquivo Atos)

Thales Siqueira
Cachoeira Paulista 

A Prefeitura de Cachoeira Paulista anunciou, na última quarta-feira (12), a implantação de sistema de monitoramento com câmeras de alta resolução na praça Prado Filho, no Centro. O projeto funcionará como uma espécie de “laboratório” para a futura instalação do COI (Centro de Operações Integradas) que irá monitorar diversos pontos do município 24 horas por dia.

O secretário de Segurança, Trânsito e Transportes, Major Carlos Lescura, esteve no local com técnicos para definir pontos estratégicos de interesse para a instalação dos aparelhos. Ainda não há uma estimativa do valor que será gasto para a execução do projeto, mas, a princípio, serão instaladas três ou quatro câmeras para cobrir a região da praça. “Eu acho que para iniciar um processo de monitoramento da cidade, a praça seria importante até mesmo servindo como laboratório”, frisou Lescura.

O sistema que será utilizado já é um sistema pensando na futura implantação do COI. O objetivo é que essas câmeras iniciais sejam agregadas ao COI, para não haver perda de investimento.

Será feita também uma parceria com os empresários. Os comerciantes serão orientados a instalar os equipamentos no mesmo padrão compatível com o COI, e serão situadas de maneira que fiquem voltadas para a via pública. Mas, antes disso, um projeto de lei deve ser aprovado na câmara autorizando a coparticipação dos proprietários de comércio.

A expectativa para a implantação do COI no município é alta e já existe uma sinalização positiva do Executivo. Desde o plano de governo elaborado para as eleições municipais de 2020, o prefeito Antônio Carlos Mineiro (MDB) já colocava o COI como uma de suas prioridades caso fosse eleito. “Vou trabalhar para instalar o COI com câmeras de segurança para monitorar todas as entradas e saídas do município, gerando mais segurança e tranquilidade para os munícipes e turistas”, ressaltou Mineiro, à época.

A expectativa é de que até o final de maio o projeto possa ser finalizado, em tentativa de conter o aumento da violência e controlar possíveis aglomerações em meio à pandemia da Covid-19. “O sistema de monitoramento em gestão pública de segurança é o ‘carro chefe’. Esse investimento em tecnologia de informação traz mais segurança para a gente. Nós temos várias cidades que são monitoradas aqui no ‘Vale da Fé’ e dão certo. Inclusive em Lorena, fui eu quem instalei. A gente sabe que realmente os indicadores acabam caindo”, destacou o secretário. “A gente consegue observar a cidade inteira e consegue auxiliar inclusive as forças de segurança naquilo que eles necessitam. A Polícia Militar para o planejamento operacional, e a Polícia Civil em futuras investigações”, finalizou.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?