Assaltos têm aumento de 50% em Aparecida

Somente em abril foram registrados 79 casos contra 84 em maio; Polícia aponta suspeito que sozinho teria cometido 12 assaltos

Rafael Rodrigues
Aparecida

Os números de roubos no mês de maio, divulgados na semana passada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado deixou as autoridades de Aparecida em alerta, devido ao aumento considerável em comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2014 a SSP havia registrado 11 casos, já em 2015 o número saltou para 23. O aumento também é notado se comparado com abril de 2015, quando foram registrados cerca de 10 roubos em Aparecida.

Para a Polícia Militar da cidade, o aumento nos casos é reflexo da atuação de um suspeito que já está preso e que sozinho teria cometido 12 assaltos na cidade ao longo do mês. “Esse indivíduo está sendo acusado de ter cometido 12 ações de roubos na cidade. E depois dessa prisão tivemos uma queda nesses números. Por isso acreditamos que esse aumento no índice foi pontual”, justificou o Capitão Doriedson Galvão, comandante da PM em Aparecida.

Para ele, os números apresentados no mês de maio começaram a surpreender já na segunda quinzena, por isso a PM fez questão de fazer uma visita individual para cada vítima para identificar as causas desses dados. “O mês de maio surtiu como surpresa essa elevação, já que estávamos mantendo sob controle essa prática. No mapeamento que fazemos, a partir da segunda quinzena vimos um aumento que não é comum em um mês de maio”, explicou.

Ele disse ainda que as conversas com as vítimas foram primordiais para conseguir identificar o suspeito de cometer esses assaltos na cidade. “Conversando com as vítimas, identificamos um indivíduo que sempre apresentava as mesmas características. Os policiais fizeram várias abordagens até conseguirmos capturá-lo”, confirmou.

Outro numero apresentado pela SSP aponta aumento no número de furtos realizados na cidade de um mês para outro desse ano. Em abril foram registrados 79 casos contra 84 em maio.

Apesar disso os dados foram amenizados pelo Capitão Doriedson, que fez questão de ressaltar que o comparativo que é feito pela Polícia Militar é de um ano para o outro e, nesse aspecto foram registrados 8 casos a menos do que no mesmo período de 2014. “O comparativo que tentamos fazer é com relação ao mesmo período do ano passado.

Claro que com relação ao mês anterior também tabulamos, mas o comparativo é anual. E notamos que há uma queda nesse numero de furtos, principalmente contra pedestres”, finalizou.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?