Política a conta-gotas…

Carreira solo

Isael Domingues e Norberto Moraes

O presidente da Câmara de Pindamonhangaba, Norberto Moraes, pegou o caminho do gabinete do prefeito Isael Domingues com a finalidade de formalizar a devolução parcial de R$ 300 mil aos cofres da Prefeitura, provenientes da economia do duodécimo. Enquanto alguns vereadores murmuravam a atitude unilateral de Norbetinho em não convidar os colegas para presenciar a devolução, os mais afoitos da política local, criticavam por se tratar de muito dinheiro caindo mensalmente no caixa da Casa de Leis!!!

 

 

 

Imexível
Após o escândalo da compra e venda de votos na Câmara de Cachoeira, revelado à população graças a coragem da Rogéria Lucas, muitos indagam sobre a vereadora: “o que será de tão comprometedor que ela ainda mantém em seu acervo de gravações – trancados em lugar seguro a sete chaves – a ponto de ninguém ousar interpelá-la?”

 

 

Instituto ‘Mãe Diná’
Novos números da corrida eleitoral de Cachoeira Paulista agitaram o mercado político e assustaram alguns vereadores que nem foram citados. Se forem reais os resultados que poucos tiveram acesso, realmente os eleitores lembraram de Fabiano Vieira, não esqueceram de Edson Mota, consideraram o Mineiro, falaram de Aurélio e uma minoria falou de Breno Anaya. Interessante que no quesito rejeição, a dupla Anaya e Mota estão no topo. Dúvidas? É fácil, contrate uma pesquisa…

 

 

Roleta-russa
Como sorteio de um ‘grande prêmio’, os eleitores de Silveiras estarão com o poder das apostas para sucessão de Guilherme Carvalho. Na roleta das urnas: Matheus Mota, Zé Ritinha, Valdirene Mota, Sidnei Ferreira, Pedro Paulo, Rafael Cardoso, Marco Aurélio ou ‘nenhum destes’. Provavelmente um desses nomes estará sendo diplomado como futuro prefeito.

 

 

Juntos ou separados?

Matheus Mota

Comenta-se em alguns balcões de Silveiras, que o atual vice-prefeito, Matheus Mota, estaria antecipando contato com vários apoiadores e analisando as possibilidades, inclusive a econômica, para encabeçar uma candidatura majoritária. Claro que se o prefeito Guilherme Carvalho ‘abençoar’ – com a aprovação de seu governo chegando a 78% e com 48% de poder de transferência de votos – Matheus terá chances  de dar continuidade ao governo que colocou a cidade na rota do desenvolvimento.

 

 

 

Não convidem para…
…a mesma picanha – a ex-prefeita de Silveiras, Valdirene Mota e o vereador Sidnei Ferreira, principalmente se o churrasqueiro for o Marco Aurélio e a churrascada for em plena praça pública!!!

 

 

Destonando
Por oito a votos a um, a Câmara de Piquete aprovou, essa semana, o projeto que autoriza o Executivo a fazer o empréstimo de R$ 5 milhões a ser investido na pavimentação. Enquanto o vereador Professor Matheus destoou contrariamente na votação, questionando inclusive que o financiamento pode significar o endividamento da Prefeitura, os demais colegas entenderam o anseio dos moradores por ruas pavimentadas. Além de votarem favoráveis, declararam-se unânimes e que pretendem ir à ‘caça dos deputados’, afim de conseguirem verbas para ajudar o prefeito Rominho espalhar o asfalto pela cidade inteira.

 

 

Beque central
Ainda sobre o empréstimo de Rominho, o vereador Fernando Mota esclareceu que o planejamento do prefeito em termos de pavimentação vai muito além dos R$ 5 milhões. Ele garantiu que esse investimento inicial é apenas parte dos R$ 26 milhões que pretende investir até o final do seu primeiro mandato para asfaltar pelo menos 70% das ruas de Piquete. Que venha o tapete preto…

 

 

 

Mostrando as cartas
A dupla Isael Domingues e Ricardo Piorino mostrou ao mercado político de Pindamonhangaba que não está para brincadeira no campeonato eleitoral que se aproxima. Essa semana, numa reunião com mais de 200 líderes, eles discutiram ações conjuntas e apresentaram os partidos que inicialmente farão parte do palanque do Partido Liberal – PL. Republicanos, MDB, Podemos e União Brasil fazem parte da plataforma partidária do primeiro lote de 60 candidatos ao Legislativo. E vem mais pela frente…

 

 

Cartas na mesa II
Ainda sobre a reunião promovida pelo prefeito Isael Domingues e seu vice Ricardo Piorino, a reunião com mais de 200 apoiadores de linha de frente, a primeira de uma série que serão realizadas de forma descentralizada, contou com a participação de lideranças religiosas, profissionais da saúde, empreendedores e vereadores como Magrão, Regininha, Renato Cebola, Rogério Ramos, Cal, Julinho Car e Marco Mayor, além do Subprefeito de Moreira César, Nilson Luis. ….

 

 

Procurados & achados

Se fosse qualificar o ‘necessário e o importante’ numa eventual majoritária governista em Guaratinguetá, Miguel Sampaio somaria os votos para governo, enquanto Dani Dias provavelmente os votos políticos. Esta soma poderia ter grande chance nos resultados das urnas de 2024. Mas, como aparentemente a mosca azul e a influência ‘sanzônica’ deve ter picado a Pop Star, o processo seletivo para um nome popular que não tenha ‘esqueleto no armário’ está aberto.

 

 

Boa notícia
Ainda sobre um vice popular para Miguel Sampaio, comenta-se no café do Ponto Chique que popular por popular, o ex-presidente da Câmara, João Pita, ainda se mantém no pódio quando o assunto for concessão de favores em Guaratinguetá. Disseram que não tem um bairro da cidade que exista alguém que não tenha sido atendido pelo Pita – como amigo e cidadão. Outro dado importante do ex-vereador é que consegue ser o colecionador do maior acervo de ingratidões no município. Se houve ingratidão é porque houve favores, muito mais que ‘oba-oba’. Perguntem ao Marcelo da Santa Casa!!!

 

 

Chamada geral
O prefeito Sylvio Ballerini, já em ritmo de comando geral na Prefeitura – após uma breve pausa para cuidar da saúde – reuniu seu secretariado, na última quinta-feira, para um balanço geral e anunciar as ‘novas secretárias’: Cintia Medrado – saiu do Procon para assumir a Secretaria da Mulher. Para a pasta da Pessoa com Deficiência, a indicada foi Grasielly Marton Barbosa, mas o que diferenciou a reunião do primeiro escalão foi a ordem do prefeito a respeito do que eles não devem fazer em hipótese alguma: dar ‘ouvidos as vozes dos corredores’ e achar que é pensamento do governo, a exemplo dos conflitos entre vereadores.

 

 

Na hora do voto?!?
E por falar em conflito na Câmara, tem gente apostando que o vereador Elcio Vieira Jr. não tem votos para destituir Fabio Longuinho da presidência. Pelo que se ouviu nos corredores do Legislativo: motivação para instaurar uma comissão de investigação é uma coisa, mas insistir em destituir o presidente pode deflagrar uma guerra que só vai ser interessante para o autor da façanha, por se tratar de um clima que lhe é peculiar. Perguntem ao parlamentar Bruno Ribeiro!!!

 

 

Aviso aos navegantes
Tem duas pesquisas simultaneamente ouvindo os eleitores de Lorena nestes dias. Uma delas,supostamente encomendada por um pré-candidato, que inconformado pelo que ouviu e viu semanas atrás, resolveu fazer a prova dos números. Cuidado, em outra, o entrevistador andou fotografando entrevistados com o celular. Se a moda pega…

 

 

Patuleia reunida
A inauguração do Complexo Esportivo da Vila Batista – no último domingo – está ainda dando o que falar nos quatro cantos de Cruzeiro devido o desfile de postulantes à Câmara aproveitando o público reunido. Ninguém levou a sério a conversa que o território estava restrito ao vereador Gordo da Vila Batista – que se acha ‘dono dos votos do pedaço’. Vitor Hugo, do GRIM Fabriva, chegou chegando e trouxe junto o Jacy Mendes, o chefão dos Metalúrgicos. E tem mais, a dupla Larissa Análio e Dree também circulou no evento, só na pescaria.

 

 

Presença estratégica
Complexo II – A surpresa mesmo foi a presença do centrão! Ou seja, Sérgio Antônio e Thauzer Gutierrez – a dupla “Tal Pai, Tal Filho”. Eles mostraram que ainda têm jogo de cintura para dançar conforme a música. O Márcio Alvino até soltou uma pérola sobre o Sérgio: “Ele me pediu uma gravata amarela na Alesp e eu trouxe pra ele!”. Parece que o Sérgio é especialista em dar gravata em todo mundo!

 

 

Vendo a distância
Complexo III – Quem deve ter sentido falta de estar nessa festa da Vila Batista, com certeza foi o Douglas Masulck. Como diz o ditado, “quem muito escolhe, acaba escolhido”. Ao se juntar ao Diego Miranda em oposição ao governo, acreditam que ele perdeu o privilégio de participar das festas e inaugurações do governo. É isto aí!!! Perto de eleição todo mundo quer um pedacinho do bolo, e a festa na Vila Batista foi só o começo…

 

 

Desafio de fazer uma “Nova Piquete”

Rominho fala sobre perseguição política, investimentos e metas pra transformar a cidade em uma “Nova Piquete”

O prefeito Rômulo Kazimierz – o Rominho, fez uma balanço positivo de seus dois anos e meio de governo em Piquete, durante sua participação no Atos no Rádio da última terça-feira. Motivado por ser criticado pelo vereador Professor Matheus – seu opositor político – na sessão de Câmara que aprovou por 8 a 1 seu projeto de empréstimo no Desenvolve São Paulo no valor de R$ 5 milhões, destinado a pavimentação de ruas na cidade, Rominho considerou que: “recebeu a Prefeitura com R$ 2 milhões em caixa e, passados esse péríodo, entreguei mais de 10 grandes obras e multipliquei 100% este recurso. O prefeito afirmou que hoje tem cerca de 20 obras em andamentos e R$ 4 milhões em caixa. Além das obras da rede coletora de esgoto – que permitirão até o final de seu mandato 80% de esgoto tratado, ele tem prespectivas de investir mais R$ 21 milhões para pavimentar a cidade.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?