Manthiqueira precisa vencer São José por dois gols de diferença para subir à A-3

Time de Guaratinguetá perde primeiro jogo das semifinais em casa; acesso tem decisão marcada para o domingo

Lance do primeiro jogo das semifinais entre São José e Manthiqueira; Águia levou a melhor (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

O Manthiqueira vai precisar se superar contra o São José, no Martins Pereira, para conquistar o acesso à Série A-3 do Campeonato Paulista. Na primeira decisão entre as equipes, o time de Guaratinguetá perdeu por 2 a 1 para a Águia, em casa, e agora necessita de uma vitória com pelo menos dois gols de diferença. O jogo decisivo será disputado neste domingo, às 15h.

Em campo, o Manthiqueira levou mais perigo ao gol do São José, na primeira metade do primeiro tempo. Dos pés de Mateus Piauí saiu o gol que abriu o placar da decisão, a favor dos donos da casa. Mas após a parada técnica para hidratação dos jogadores, o roteiro da partida mudou drasticamente.

Técnico e com paciência, o São José passou a fechar as ações do Manthiqueira, que pouco criou. A Águia avançava em direção ao ataque, no mesmo ritmo que a Laranja permanecia acuada. A pressão joseense deu resultado ainda na primeira etapa. Aos 39 minutos, Breno conduziu a bola pela direita, cortou para o meio e bateu colocado de pé esquerdo. Golaço e empate. O gol da virada também foi de Breno, na segunda etapa.

Os 2 a 1 deixam o São José mais próximo do acesso. A Águia precisa apenas empatar ou pode até perder por um gol de diferença, que estará na Série A-3 do ano que vem, por ter feito a melhor campanha. Já o Manthiqueira precisará vencer por pelo menos dois gols de diferença para subir de divisão.

Missão difícil, mas não impossível, como explicou Miquéias, um dos destaques do time na competição. “Como eles foram felizes aqui, dá para nós sermos felizes lá também. A gente vai trabalhar o que erramos hoje e, com pensamento bom, fazer nossa parte lá e sair com o acesso”, detalhou o camisa 14.

O técnico do Manthiqueira, Augusto Sobrinho, também acredita que o confronto está aberto. “A gente sabia que seria um jogo dificílimo. No primeiro tempo tivemos um vacilo, o cara acertou o chute e teve uma felicidade raríssima. Futebol é isso. É oportunidade, na hora certa fazer o gol. Mas não tem nada decidido. Domingo tem mais noventa minutos para decidirmos a vida de cada um”.

Essa foi a primeira derrota do Manthiqueira em casa neste ano. Também foi a primeira vez que o São José venceu uma partida contra o Manthiqueira no Dario Rodrigues Leite e a primeira derrota de um time de Guaratinguetá para o São José em 22 anos em casa. As equipes se enfrentaram três vezes neste ano, com duas vitórias joseenses e uma do time de Guará.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?