Tempestade deixa desabrigados no Litoral

Chuva obriga 34 moradores a deixarem casas em Ubatuba; Tamoios é interditada após queda de barreira

Ação para liberação de via em Caraguatatuba; Ubatuba registra desabrigados e situação preocupa prefeituras para chuvas nos próximos dias (Foto: Reprodução PMC)
Ação para liberar via em Caraguá; Ubatuba registra desabrigados e situação preocupa prefeituras para chuvas nos próximos dias (Foto: Reprodução PMC)
Da Redação
Litoral Norte
A forte chuva que atingiu o Litoral Norte na madrugada da última sexta-feira deixou 71 desabrigados e causou a interdição da rodovia dos Tamoios. Uma das cidades mais castigadas pelo temporal, Ubatuba registrou pontos de alagamentos e deslizamentos.

De acordo com dados pluviométricos do Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais de Ubatuba, o município registrou uma chuva de mais de duzentos milímetros na madrugada da última sexta-feira, superando a média prevista para maio, de 137 milímetros.
O temporal desta sexta-feira desalojou 34 moradores dos bairros Estufa 1 e Parque Guarani. As famílias foram encaminhas pela Prefeitura à escola municipal Tancredo Neves, localizada na região central da cidade.

Além de um deslizamento no bairro Vale do Sol e alagamentos no Centro, foram registradas também queda de arvores na praia Itamambuca e no quilometro 28 da rodovia Rio–Santos.  A forte chuva também motivou a suspensão das aulas em 52 escolas.

Já em Caraguatatuba, o volume da chuva superou 180 milímetros, ocasionando alagamentos nos bairros Casa Branca, Centro, Getuba, Jardim do Sol, Perequê-Mirim, Pegorelli e Olaria. A chuva obrigou 13 moradores a deixarem suas casas no bairro Perequê Mirim.

Eles seguem abrigados no Ciapi (Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso), localizado no Jardim Jaqueira.
Outra cidade litorânea atingida foi São Sebastião, onde vinte moradores ficaram desalojados no Topolândia, sendo recolhidas para a escola municipal do bairro.

A tempestade gerou também um deslizamento de barranco na rodovia SP-55 (Rodovia Cônego Domênico Rangoni), que foi obstruída por cerca de cinco horas.

De acordo com a Defesa Civil de Ilhabela, foram registrados deslizamentos de terra e pontos de alagamentos em diversos pontos do município.
Uma família de quatro pessoas foi obrigada a deixar sua casa no bairro Cantagalo, sendo transferida para a casa de parentes.
Devido aos transtornos causados pelo temporal, como a queda de barreiras, a rodovia dos Tamoios foi interditada nos quilômetros 73 e 78, que seguiam bloqueadas até o fechamento desta edição.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?