Litoral cobra apoio de Doria com foco em “invasão” de turistas no feriado

Prefeitos temem avanço da pandemia em cidades próximas dos seis mil infectados pelo novo coronavírus

Ação da Defesa Civil, de orientação em praias de Caraguá; reforço na fiscalização para o feriado (Foto: Reprodução PMC)

Lucas Barbosa
RMVale

Prevendo uma “invasão” de turistas durante o feriado prolongado do ‘Dia da Independência’, os prefeitos do Litoral Norte solicitaram na última quarta-feira (2) o apoio do Estado nas fiscalizações às regras de prevenção ao contágio do novo coronavírus. Com 5.891 moradores infectados pela doença, a região litorânea contabiliza 160 mortes.

Encabeçado pelo prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior (MDB), o ofício encaminhado ao governador João Doria (PSDB), contou também com as assinaturas de Felipe Augusto (PSDB) e Délcio Sato (PSD), prefeitos de São Sebastião e Ubatuba (respectivamente). O documento cobra que o Estado viabilize o reforço do efetivo das equipes de Vigilância Sanitária Estadual e das polícias Militar e Rodoviária Estadual na região litorânea, para que elas tenham melhores condições de atuarem nas ações de fiscalização desde a sexta-feira (4) até a próxima segunda-feira (7), quando é comemorado o “Dia da Independência”.

Além de coibir a entrada de ônibus turísticos, que seguem com o acesso proibido ao Litoral Norte, os prefeitos solicitam que os órgãos apoiem as ações municipais contra aglomerações nas praias, falta da utilização de máscaras de proteção e funcionamento indevido de estabelecimentos comerciais.

A preocupação dos municípios cresceu na última terça-feira (1) após um levantamento do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) revelar que foi registrado um aumento de 76% no fluxo de veículos nas rodovias de acesso ao Litoral Norte no último final de semana, em comparação aos demais de 2020. O número de automóveis de visitantes saltou de 52 mil para 95 mil nas rodovias Dom Paulo Loureiro (SP-98) e Oswaldo Cruz (SP-125)

De acordo com o DER, a expectativa é que neste próximo feriado prolongado, aproximadamente 158 mil veículos trafeguem pelas estradas.

Já se precavendo da possível invasão de turistas, a Prefeitura de São Sebastião montou bloqueios sanitários nesta próxima sexta-feira (4) nos bairros Jaraguá e Canto do Mar, principais “portas de entrada” da cidade.

Além da medição da temperatura dos motoristas, as equipes municipais buscarão conscientizar os visitantes sobre a necessidade de respeitarem as regras de prevenção ao contágio da Covid-19.

Durante entrevista coletiva na última quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, afirmou que o Estado fará tudo que estiver ao seu alcance para contribuir com as ações de fiscalização nos litorais Norte e Sul durante o próximo final de semana e segunda-feira. Porém, o chefe da pasta não revelou qual é o índice previsto de aumento do efetivo das equipes da Vigilância Sanitária e das polícias Militar e Rodoviária Estadual nas regiões.

Dados – De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas secretarias de Saúde do Litoral Norte no fim da tarde desta quinta-feira, a região contabiliza

5.891 casos confirmados de Covid-19, sendo 160 mortes.

Com 1943 infectados e 81 óbitos, Caraguá enfrenta a situação mais preocupante da área.

Segunda cidade com mais casos, São Sebastião registra 1.357 contaminados e 37 vítimas fatais da doença. Já Ubatuba, contabiliza 1.190 infectados, sendo 31 mortos.

Município litorâneo com menos óbitos, que chegam apenas a 11 registros, Ilhabela possui 1.472 moradores diagnosticados com a Covid-19.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?