Com apoio parlamentar, Silveiras atende pedidos e conclui asfaltamento no Vila Marina

Ação conta com emenda de deputado federal e contrapartida municipal; sistema de drenagem também recebe melhorias

Via que recebeu a devida acessibilidade com rampa para cadeirantes, no Vila Marina; investimento na infraestrutura (Foto: Divulgação PMS)

Lucas Barbosa
Silveiras

Atendendo a um antigo pedido das famílias de Silveiras, a Prefeitura concluiu no último fim de semana as obras de pavimentação asfáltica e modernização do sistema de drenagem do bairro Vila Marina. Orçadas em R$ 364 mil, as melhorias tentam garantir mais segurança aos motociclistas e motoristas que trafegam pela região.

Iniciado em 6 de abril, o serviço concluído na última sexta-feira (20) consistiu no asfaltamento de dois quilômetros de vias, anteriormente calçadas apenas por bloquetes, implantação de placas de sinalização de trânsito, ampliação da rede de drenagem e construção de diversas sarjetas para o escoamento de águas pluviais (provenientes da chuva).

De acordo com a Prefeitura, a obra foi viabilizada através de uma emenda parlamentar de R$ 238 mil encaminhada pelo deputado federal, Guilherme Derrite, o Capitão Derrite (PL), e uma contrapartida municipal de R$ 125 mil.

Justificando a necessidade da ação de melhoria, o prefeito de Silveiras, Guilherme Carvalho (PSDB), descreveu as principais dificuldades que eram enfrentadas pelas famílias do bairro e pelos condutores que transitavam pelo ponto. “Frequentemente parte dos bloquetes ficava solta ou até mesmo afundava devido ao tráfego de veículos. Agora, com o asfalto de qualidade os ciclistas, motociclistas e motociclistas não terão mais que se preocuparem em ficar desviando de buracos ou bloquetes soltos. Além da pavimentação, a implantação de placas de sinalização de trânsito também contribuirá na prevenção de acidentes de trânsito no Vila Marina”.

O chefe do Executivo destacou ainda que a modernização do sistema de drenagem era uma antiga necessidade do bairro, já que alguns pontos ficam empoçados durante fortes chuvas.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?