Caraguá suspende consultas médicas em todas Unidades Básicas de Saúde

Profissionais contaminados e atendimento à pacientes com sinais gripais motivou medida; interrupção segue até o fim deste mês

Idosa recebe atendimento na UBS em Caraguá; cidade suspende consultas médicas em todas as unidades de saúde (Foto: Reprodução PMC)

Bruna Silva
Caraguatatuba

Depois de uma discussão entre a Coordenação da Atenção Primária e a Divisão de Assistência de Saúde de Caraguatatuba, a secretária de Saúde decidiu suspender, temporariamente, os agendamentos com médicos e enfermeiros, em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde). A medida afeta os 11 postos de saúde, desde a última quarta-feira (12).

De acordo com o Município, a decisão foi tomada ainda no início da semana como meio de desafogar o SUS (Sistema Único de Saúde), que além de atender as consultas de rotina, tem atendido a demanda de pacientes com sinais gripais.

Outro fator decisivo foi que parte do corpo médico está afastado. Segundo dados da secretaria de Saúde, nove dos trinta profissionais que atendem na rede pública apresentaram sinais gripais ou positivaram para a Covid-19. Mais 38 trabalhadores das UBS’s estão de licença pela mesma razão.

Com o cenário atual, a Prefeitura tem procurado mais profissionais de saúde que estejam dispostos a atuarem no serviço. Recentemente, o prefeito Aguilar Junior (MDB) chegou a convidar médicos para trabalharem na cidade. O secretário de saúde, Gustavo Boher, apontou que para melhorar a situação na atenção básica, seria necessário o reforço de mais dez médicos. O atendimento segue suspenso até o fim deste mês. O acolhimento de pacientes que requerem auxílio especializado como diabéticos, hipertensos, gestantes e crianças, seguem normalmente. Além dos casos de urgência e emergência.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?