Piquete conquista espaço no Mapa do Turismo Brasileiro 2022

Plataforma do Governo Federal reúne potências turísticas do país; ferramenta facilita chegada de recursos financeiros

O prefeito de Piquete Rominho, que comemorou a adesão de Piquete ao MTB 2022 (Foto: Arquivo Atos)

Lucas Barbosa
RMVale

Constando dez cidades da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), o Governo Federal divulgou na última segunda-feira (28) a nova edição do Mapa do Turismo Brasileiro, que reúne os municípios que apostam no turismo como uma de suas principais estratégias de desenvolvimento econômico. Contando com a inclusão de Piquete neste ano, a ferramenta também norteia os investimentos federais no setor.

Disponibilizado pelo Ministério do Turismo no site oficial do Governo Federal, o Mapa do Turismo Brasileiro 2022 conta com 2.542 cidades, distribuídas por 322 regiões turísticas do país. Funcionando como uma espécie de banco de dados, a plataforma revela informações dos municípios, como: quantidade de estabelecimentos de hospedagem; estimativa de visitantes domésticos (brasileiros) e estrangeiros; número de empregos gerados pelo setor turístico; arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagens. Os detalhes são encaminhados pelas prefeituras ao Ministério do Turismo, “alimentando” o sistema.

Presente pela primeira vez no instrumento federal, Piquete anunciou a conquista à população na última quarta-feira (30) pela da página oficial no Facebook. Para o secretário de Turismo, Rodrigo Nunes, a inclusão da cidade no sistema é um marco. “Entrar para o Mapa significa ser visto pelo Governo Federal como um município em potencial para o desenvolvimento do Turismo, assim ‘abrindo portas’ para a chegada de recursos federais e de emendas parlamentares para o segmento. A nossa secretaria e toda a atual gestão municipal se esforçaram muito para que a cidade obtivesse esse importantíssimo reconhecimento”.

Para serem incluídos no Mapa, as cidades tiveram que comprovar ao Governo Federal que possuem conselhos municipais de turismo; orçamento definido para investimentos na área; empresas e trabalhadores inscritos no Cadastus (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos); termo de compromisso firmado com o PRT (Programa de Regionalização do Turismo).

Na ferramenta federal, constam duas regiões turísticas da RMVale, a do “Rios do Vale” e a da “Fé”. Enquanto a primeira é representada no sistema apenas por Jacareí e São Luiz do Paraitinga, a outra conta com Canas, Cunha, Guaratinguetá, Lagoinha, Lorena, Piquete, Potim e Tremembé.

Apesar de serem as principais representantes da “Região Turística da Fé”, Aparecida e Cachoeira Paulista, que tradicionalmente recebem um alto fluxo de visitantes no Santuário Nacional e na Canção Nova, ficaram de fora do Mapa do Turismo Brasileiro 2022. Entretanto, uma nota divulgada no site oficial do Governo Federal esclarece que as cidades que não foram incluídas na primeira etapa, poderão realizar os trâmites burocráticos estabelecidos pelo Ministério do Turismo e solicitarem a inserção ao longo do ano.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?