Pinda chega ao limite da capacidade da UTI Covid e Isael anuncia novos leitos

Estrutura atinge ocupação máxima em meio às discussões sobre flexibilização; cidade chega a cem mortes

Um dos leitos de atendimento à Covid-19, em Pinda; cidade registra 100% de ocupação de UTI (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
Pindamonhangaba 

Pindamonhangaba chegou, nesta sexta-feira (29), a capacidade máxima de internações na Unidade de Terapia Intensiva reservada para os pacientes da Covid-19. O prefeito Isael Domingues (PL) anunciou, por meio de redes sociais, a aquisição de mais dois leitos e prometeu, ainda, na próxima semana esforços para ampliação dos leitos intensivos.

De acordo com Domingues, apesar de ter registrado 102 óbitos, Pinda segue entre as menores taxas de mortalidade por coronavírus do Estado. “Nós precisamos que você tome todas as atitudes, para que a gente não chore ao lado de um leito de um familiar vitimado pela Covid-19. Usar máscara em todos os ambientes, uso de álcool gel e principalmente o distanciamento social. É uma medida muito importante, principalmente, ainda… Diminuam os encontros sociais”, garantiu.

A secretaria de Saúde fechou a semana contabilizando 6.187 infectados. A menos 35 pacientes seguem internados e mais de 1,7 mil pessoas aguardam os resultados dos exames para a confirmação da doença.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?