Com entrega do “Bem Viver”, Pinda reduz déficit habitacional em quase 25%

Escolha de apartamentos ocorre no próximo final de semana; Prefeitura busca chegada de novos empreendimentos

bem viver (12) (1)
Residencial “Bem Viver”, que está próximo da entrega aos beneficiados do Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista, em Pinda (Foto: Reprodução)

Lucas Barbosa
Pindamonhangaba

Com um déficit habitacional de cerca de seis mil moradias, Pindamonhangaba está próxima de reduzir este número em cerca de 25%. No próximo final de semana, os 1.536 contemplados no sorteio do residencial “Bem Viver”, que ocorreu em dezembro de 2016, escolherão os apartamentos que morarão em breve.

Financiado pelos programas federal “Minha Casa Minha Vida” e estadual “Casa Paulista”, o empreendimento habitacional, construído no Araretama, contou com um investimento de R$ 138 milhões. O acordo foi fechado em 2015, época em que Pinda era comandada pelo ex-prefeito Vito Ardito (PSDB).

O secretário de Habitação, Marcus Vinicius Faria, explicou que os idosos e portadores de necessidades especiais serão os primeiros a escolherem os apartamentos e blocos que morarão, através de um sorteio no próximo dia 27. Já no dia seguinte, será a vez dos demais contemplados. O evento ocorrerá no ginásio da Associação Atlética Ferroviária, às 9h.

Além de ressaltar a importância do “Bem Viver” para a redução do déficit habitacional do município, o secretário explicou que ainda não existe data para a entrega das chaves dos apartamentos. “Já concluímos a nossa parte nos trâmites e agora falta somente uma vistoria do Banco do Brasil. Gostaríamos que a liberação ocorresse até o fim do ano, mas temos que aguardar a aprovação final do banco”.

O chefe da pasta ressaltou que o déficit habitacional pode reduzir ainda mais em 2018, já que recentemente representantes do Executivo estiveram em Brasília em busca de apoio governamental para a chegada de novos empreendimentos imobiliários populares em Pindamonhangaba.

Os comtemplados pelo último sorteio do “Bem Viver” que ainda possuem pendências documentais devem procurar a secretaria de Habitação até a próxima segunda-feira para regularizar a situação. Este é o prazo final concedido pelo Município para a regularização.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?