Bônus de R$ 3 milhões aos professores é aprovado em Lorena

Pedido de Marcondes passa pelos vereadores e beneficia cerca de seiscentos profissionais do magistério

Fábio Marcondes que teve este projeto aprovado na Câmara; abono ao magistério (Foto: Rafaela Lourenço)

Rafaela Lourenço
Lorena
 

A Câmara de Lorena aprovou na última sexta-feira, o projeto do Executivo que prevê o abono salarial aos profissionais do magistério. O investimento ultrapassa os R$ 3 milhões e o pagamento deve ser realizado até o fim deste mês.

Aprovado por unanimidade, o bônus de R$ 3,1 milhões proveniente da sobra do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) será repassado aos integrantes do quadro do magistério e de suporte pedagógico beneficiará cerca de seiscentos profissionais da Educação. Entre eles, professores do ensino básico 1 e 2, educação especial, tutores de atividades complementares, auxiliar mediador de aprendizagem e orientador pedagógico.

Para o prefeito Fábio Marcondes (sem partido), além da valorização da categoria pelos serviços prestados durante a pandemia, a iniciativa é resultado da seriedade com a máquina pública, mesmo neste período de incertezas econômicas. “É fruto do nosso trabalho, dívida ativa e uma série de atitudes deste ano que tivemos um excesso de arrecadação e elas refletiram fortemente nos decendiais”.

Os decendiais são equivalentes aos 25% da arrecadação municipal que obrigatoriamente devem ser investidos no setor.

Como houve uma maior arrecadação e economia com gastos fixos como água, luz e transporte, sobraram recursos na pasta.

O autógrafo da Câmara chegou para o chefe do Executivo na tarde desta segunda-feira (21) e o pagamento será realizado até o dia 30.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?