Polícia Militar prende suspeito de balear duas pessoas em shopping de Guará

Homem é flagrado em casa com revólver e munições; vítimas seguem internadas no Hospital Frei Galvão

Praça de alimentação do Shopping Buriti de Guaratinguetá, palco de atentado no último sábado; suspeito é detido (Foto: Reprodução)

Da Redação
Guaratinguetá

Após receber denúncias anônimas, a Polícia Militar prendeu na noite da última segunda-feira (13) um homem suspeito de balear duas pessoas no último fim de semana, na praça de alimentação do Buriti Shopping em Guaratinguetá. Os policiais apreenderam uma arma na casa do acusado, que pode ter sido utilizada no crime.

De acordo com a PM, um morador da rua Coronel João Vieira, no bairro Campo do Galvão, seria o autor dos disparos que atingiram um adolescente de 17 anos e um homem de 27 anos no centro comercial no último sábado (11). Ao vistoriar a casa do suspeito, os PM´s o prenderam após encontrarem um revólver calibre 38, com numeração raspada, e seis munições intactas. Questionado, o criminoso alegou que possuía a arma porque estava sendo ameaçado de morte por desafetos.

Preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, o homem foi encaminhado à Delegacia de Guaratinguetá. Segundo a Polícia Civil, ele permaneceu em silêncio ao ser questionado sobre o crime no shopping. Além de homicídio, ele possui antecedentes criminais por roubo e posse ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil segue investigando o crime e apura a possível participação de mais um homem na ação.

Pânico – Véspera do Dia dos Namorados, a noite do último sábado foi de terror para os clientes do Buriti Shopping. Segundo o boletim de ocorrência, um homem e um adolescente se desentenderam, por volta das 21h30, na praça Piratininga. Na sequência, o criminoso sacou uma arma e atirou diversas vezes na direção do menor de idade, que correu para o interior do centro comercial. Na tentativa de executar a vítima, o atirador a perseguiu até a praça de alimentação, onde efetuou novos disparos. Além de alvejar o menor de idade com três tiros, o criminoso acabou baleando um homem de 27 anos no tórax.

Após a fuga do atirador, os feridos foram resgatados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhados ao Pronto Socorro de Guará.

A reportagem do Jornal Atos solicitou na manhã desta terça-feira (14) à assessoria do Hospital Frei Galvão, gestor do Pronto Socorro, informações sobre o atual estado de saúde das vítimas, mas o pedido não foi atendido.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?