Guaratinguetá e Senac assinam parceria para elaboração de projetos do turismo

Convênio firmado contempla elaboração do plano diretor e projetos para fomentar o setor na cidade

O museu Frei Galvão um dos principais pontos turísticos de Guaratinguetá; cidade fechou parceria para impulsionar setor (Foto: Foto: Arquivo Atos)
O museu Frei Galvão um dos principais pontos turísticos de Guaratinguetá; cidade fechou parceria para impulsionar setor (Foto: Foto: Arquivo Atos)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A Prefeitura de Guaratinguetá firmou parceria com o Senac, para elaboração do Plano Diretor de Turismo. A assinatura do convênio ocorreu na última terça-feira, no gabinete do prefeito Marcus Soliva (PSB) e contou as presenças do secretário de Turismo Felício Murade, das lideranças da instituição de ensino.

Intitulada Estância Turística desde 2014, Guaratinguetá quer fomentar o turismo religioso, carro chefe do setor, e fortalecer o turismo de aventura, praticado através de trilhas e rotas rurais.

A estratégia é alterar a dinâmica comercial da cidade para, futuramente, atender a demanda dos fins de semana.

A parceria entre a Prefeitura e o Senac deve nortear o setor. “A ideia é fortalecer o turismo religioso e abrir novas frentes. Mas tudo isso é pensado a partir do plano diretor. Nossa estimativa é de que entre fevereiro e março ele esteja pronto. A partir daí vamos cumprir as diretrizes do que for estabelecido”, assegurou Murade.

O plano diretor é composto de um inventário, onde são apontados os equipamentos e atrativos turísticos. Também compõe o plano, uma pesquisa de demanda, na qual será necessário estudar o perfil do turista que visita Guaratinguetá. Posteriormente, serão realizadas oficinas com pessoas locais para finalizar o documento.

Conforme a cidade se desenvolve no setor e o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) aumenta, o recurso para o turismo também cresce. O reajuste é gradativo a cada ano e a previsão é de que sofra uma pequena elevação nos próximos anos. Ainda assim, para 2018, o valor informado pelo secretário é inalterado e está previsto em R$4 milhões.

Além das diretrizes, o secretário confirmou que o setor teria aproximadamente R$ 4 milhões para investir no ano que vem. Mas do total, 35% ficarão contingenciados pelo Governo do Estado. “Devemos receber R$ 2,7 milhões. Esse total será dedicado a estação turismo”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?