Gestão Soliva investe R$ 10 milhões em reformas de escolas

Prefeitura planeja restruturação de todas as unidades de Guaratinguetá até 2020; obras seguem necessidades de cada colégio

Após atraso, escola Heloisa Helena será entregue em setembro; unidade é uma das contempladas (Foto: Juliana Aguilera)
Após atraso, escola Profª Heloisa Helena será entregue em setembro; unidade é uma das contempladas (Foto: Juliana Aguilera)

Juliana Aguilera
Guaratinguetá

A Prefeitura de Guaratinguetá divulgou o projeto que deve concluir a revitalização de todas as 28 unidades escolares da rede pública da cidade, até 2020. O plano, que começou em 2017, já reformou 13 prédios, sendo 11 somente no ano anterior e dois em 2018.

A intenção é que mais dez escolas sejam reformadas até o final do ano, totalizando um investimento de R$ 10 milhões. Mais cinco obras devem ser entregues em setembro.

A secretaria da Educação destacou que o tipo de revitalização feita nas escolas foi de acordo com a necessidade de cada unidade. Foram realizadas reformas, pequenas manutenções e conservação, seguindo levantamento feito pela secretaria do Planejamento, responsável pelos projetos. O objetivo da revitalização é proporcionar um ambiente adequado para estimular o aprendizado e diminuir a evasão escolar.

Os trabalhos já passaram  escolas dos bairros Vila Bela, Santa Luzia, Parque do Sol, Pilões, Tamandaré (duas), Engenheiro Neiva (duas), Jardim do Vale, Vila Rosa e São Dimas.

As futuras escolas a serem atendidas ficam nos bairros Parque Santa Clara, Pedrinhas, Campinho, Parque do Sol, Cohab Bandeirante, São Bento, Campo do Galvão e Engenheiro Neiva. A Prefeitura planeja investir, em 2019, em mais dez escolas e, em 2020, nas oito restantes.

A secretária da Educação, Elisabeth Sampaio, informou que há casos de escolas que tiveram atraso na entrega, mas que devem estar prontas em setembro. “Houve um atraso, um aditivo também da parte financeira. Ela (escola Heloisa Helena) será entregue depois do dia 7 de setembro. Nós faremos a inauguração dessa e de mais algumas escolas que estão finalizando”.

A nova sede da secretaria da Educação e a piscina semiolímpica também serão finalizadas em setembro. “A piscina já está pronta. Estamos esperando a contratação de uma empresa de limpeza, e então entregaremos para a escola”, explicou.

Elisabeth disse que o processo seletivo para contratação de professores será feito antes da inauguração para os alunos. Outra obra que está em atraso, mas em fase final, são dois berçários. “Houve um atraso da empresa. Os funcionários começariam no dia 20, mas não foi possível”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?