Atlético Guaratinguetá se despede da Copa São Paulo com gosto de feito histórico

Caçula do futebol na região perde nos pênaltis para o Fluminense e é eliminado invicto; Rocha e Carlito destacam trabalho dos garotos da Coruja 

Jogo truncado e com boas chances no Dario; partida marcou despedida de campanha invicta do Atlético (Foto: Colaboração Bruno Motta)

Fabiana Cugolo
Guaratinguetá

Após a histórica classificação para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Atlético Guaratinguetá deu adeus à competição, nesta quinta-feira (12), em jogo eliminatório contra o Fluminense. No tempo normal, o placar ficou mesmo no empate de 0 a 0. A desclassificação veio nos pênaltis.

Para a partida, que teve inicio às 15 horas, a torcida aproveitou a entrada gratuita e compareceu em peso. Mais de sete mil torcedores estiveram no “Ninho da Coruja”. Mas se na arquibancada a festa foi bonita, em campo a maior dificuldade para as duas equipes foi com a condição do gramado do Dario Rodrigues Leite.

Com algumas oportunidades e ritmo truncado, o jogo chegou a ter dois gols da equipe carioca anulados, com marcação de impedimento. Pelo lado do Atlético, uma chance clara de gol com o camisa 7, Medrado, ainda no primeiro tempo.

Com o empate no tempo regulamentar, o time de Guará foi eliminado da Copinha por 4 a 2 nos pênaltis. Medrado e Felipe Gerber converteram para o Atlético, mas Riquelme e Khallyl erraram as cobranças. Pelo Fluminense, marcaram Arthur, Jhonny, João Lourenço e Miguel. Apenas Freitas perdeu a segunda cobrança do tricolor carioca.

Meninos da Coruja do Vale se consolam após pênaltis perdidos; partida de igual para igual com o Flu (Foto: Colaboração Bruno Motta)

Apesar da eliminação, a torcida aplaudiu a atuação do Corujão do Vale no estádio Professor Dario Rodrigues Leite. Após o jogo, o técnico Anderson Rocha conversou com a imprensa e destacou o trabalho dos jovens atletas. “Em quatro jogos, parece que vivemos um ano, os meninos tiveram muita intensidade. São três meses de trabalho e não é fácil colocar uma equipe em campo. Os meninos tiveram determinação. Saímos invictos da competição”, exaltou o técnico sobre o time estreante no torneio. “Nós perdemos nos pênaltis para um gigante do futebol brasileiro, não é um grande, mas um gigante que é o Fluminense. A base deles é fora de série e nosso time jogou de igual para igual, com estádio lotado e a torcida está de parabéns”, enfatizou.

O presidente do Atlético Guaratinguetá, Carlito Arini, também atendeu aos jornalistas e fez um balanço da participação da equipe na competição. “Estamos tristes, perdemos uma classificação, mas por outro lado estou muito orgulhoso. Quem assistiu pela televisão, ouviu pelo rádio, ou esteve aqui, viu um time aguerrido, um time que lutou, e saímos dessa Copinha invictos, dentro dos noventa minutos não perdemos nenhum jogo”, frisou Arini, que complementou ainda sobre a dificuldade de uma disputa de pênaltis.

Ainda na Copa São Paulo de Futebol Júnior, de acordo com uma divulgação nas redes sociais do prefeito Marcus Soliva (PSC), Guaratinguetá deve sediar no sábado o jogo entre Goiás e Fluminense, no sábado, às 15h, no Dario Rodrigues Leite.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?