Após Taça Nacional, Yoka foca na Liga Paulista

Time chega a terceira posição e quer manter o mesmo ritmo para sequência do estadual de futebol de salão

Lance da vitória do Yoka sobre o Jacareí, que colocou time de Guará na terceira posição do torneio (Leandro Oliveira)
Lance da vitória do Yoka sobre o Jacareí, que colocou time de Guará na terceira posição do torneio (Leandro Oliveira)

Da Redação
Guaratinguetá

Depois de disputar a Taça Nacional no Rio Grande do Sul, o Yoka volta os olhos para a Liga Paulista. Com uma vitória e um empate, o time de Guaratinguetá está na terceira posição, logo atrás de Corinthians e São José. Porém, com dois jogos a menos que o Timão, os Laranjas dependem de si para chegar à liderança do grupo.
Em Giruá, o Yoka fez seus três primeiros jogos em âmbito nacional. O time empatou com Florianópolis, por 2 a 2, e perdeu para Alaf e Atlântico, 3 a 2 e 5 a 2, respectivamente. Mesmo sem ter vencido, a campanha da equipe agradou a comissão técnica e a diretoria do clube, já que os adversários tem calendário cheio o ano todo e disputam a Liga Nacional.
De volta à Guaratinguetá, o Yoka retomou os treinamentos e agora está focado na sequência da Liga Paulista. O técnico Wesley Szabo acredita que o time está evoluindo durante a competição. “Conseguimos encaixar nosso estilo de jogo, contra o Jacareí, e vencemos a primeira. Eu tenho gostado da postura. Contra o Corinthians também fizemos a partida com a nossa cara e deixamos a vitória escapar. Mas, já estamos dando sinais de grande evolução e os jogadores estão bem entrosados”.
Neste ano a fórmula de disputa da Liga Paulista mudou. Até o ano passado, todos os times se enfrentavam em turno único e os 12 melhores avançavam à próxima fase. Para 2016, as equipes foram divididas em dois grupos com nove clubes cada. De cada chave, os dois primeiros avançam diretamente para as quartas de final. E os outros quatro melhores classificados por grupo disputam as oitavas de final.
Encurtar o caminho até o mata-mata é um dos objetivos do Yoka. Para o ala Paulinho, o time tem plenas condições de surpreender. “Apesar do grupo ser mais jovem e, talvez, inexperiente em relação aos últimos anos, todos estão fazendo uma boa temporada. Nossa preparação foi intensa antes da Liga e com a competição em andamento, pudemos observar que isso fez a diferença.  O time está mais sólido e forte”.
Recém-chegado ao clube, Wagninho é o artilheiro do Yoka na Liga Paulista com dois gols nas duas primeiras partidas. O ala defendeu o São Caetano na última temporada e conhece bem o próximo adversário. “Estou muito feliz com o gols, mais ainda com os resultados. O São Caetano tem um bom plantel, o Yoka sabe disso, afinal já se enfrentaram em mata-mata no ano passado, mas o nosso grupo está unido e sabe o que quer nessa primeira fase”, contou.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?