Vale Histórico cria Comitê e inicia testagem em massa para a Covid-19

Dividida por sub-regiões, cidades da RMVale aguardam posicionamento do Estado sobre autonomia para ações na pandemia; ação é chefiada por Cruzeiro

O prefeito de Cruzeiro, Thales Gabriel, que apresentou o projeto para a criação do comitê (Foto: Arquivo Atos)

Rafaela Lourenço
RMVale

Com uma possível terceira onda de contaminações pelo novo coronavírus no país, as cidades do Vale Histórico criaram um Comitê de Contenção Covid-19 para o enfrentamento mais independente à doença. As primeiras ações conjuntas terão início nesta quarta-feira (2) com a testagem em massa dos moradores.

Após uma convocação do Estado a todos os prefeitos paulistas, Cruzeiro e os demais municípios do Vale Histórico constituíram o Comitê, composto por secretários municipais da Saúde e técnicos em Vigilância Sanitária.

De acordo com a secretária de Saúde de Cruzeiro, Imaculada Conceição, nesta reunião há duas semanas, o Estado alertou os prefeitos e prefeitas sobre a autorização das cidades serem independentes nas ações de combate ao novo coronavírus, indo além do Plano São Paulo que rege atualmente as flexibilizações e medidas sanitárias. “O Estado neste momento, ainda não de forma oficial, mas já sinalizou uma possibilidade de que as questões da Covid, das decisões poderão partir dos próprios municípios”, ressaltou Imaculada, ao reforçar que ainda aguardam um decreto do governador João Doria (PSDB), oficializando as alterações.

Desde a criação, o Comitê composto pelas cidades de Cruzeiro, Cachoeira Paulista, Lavrinhas, Queluz, Areias, Arapeí, São Jose do Barreiro e Bananal além de se reunir três vezes iniciará a primeira etapa de atividades conjuntas nesta quarta-feira com os testes antígeno (testes de cotonete) para diagnóstico precoce da doença e nortear os próximos trabalhos.

Segundo Imaculada, as divisões de território estão “de certa forma” conduzidas pelo Codivap (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba Litoral Norte e Mantiqueira) por sub-regiões.

No Vale Histórico, cada município adquiriu a quantidade de testes necessária para testar pessoas sintomáticas e assintomáticas locais. Cruzeiro investiu R$ 110 mil para atender a demanda de sintomáticos que buscarem atendimento nas unidades de saúde e aos assintomáticos aleatórios em parceria com supermercados do município.  A ação terminará nesta sexta-feira (4). “Todas as cidades farão nos mesmos dias o volume dos seus trabalhos”, frisou a secretária porta voz do movimento.

Por outro lado, a Prefeitura de Silveiras publicou nas redes sociais que a testagem massificada também terá início nesta quarta-feira, mas seguirá até o próximo dia 15. O Município disponibilizou ainda um formulário online na página do Facebook para os interessados em participarem dos testes.

Este parâmetro de estudo será feito em forma de amostragem, para que até esta terça-feira (8), o Comitê tenha uma análise para as próximas medidas. “Em cima deste resultado teremos parâmetros para poder nortear as medidas a serem tomadas pelos municípios e serão de forma linear”, frisou Imaculada.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?