Santa Casa suspende cirurgias eletivas e libera leitos de UTI para suspeitos de Covid-19

Unidade hospitalar de Aparecida monta área especial para atendimentos; hospital atende pacientes de quatro municípios

Santa Casa de Aparecida; cirurgias eletivas são suspensas para suspeitas de Covid-19 (Foto: Marcelo A. dos Santos)

Leandro Oliveira
Aparecida

A Santa Casa de Aparecida suspendeu as cirurgias eletivas marcadas para os próximos trinta dias. A informação foi confirmada pela direção do hospital, que vai destinar os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para casos suspeitos de coronavírus, que possam surgir no município. A unidade atende pacientes de Aparecida, Potim e Roseira.

Em reunião realizada na última segunda-feira, 16, ficaram definidas medidas e mudanças em diversos setores municipais e, entre eles, a saúde, para prevenir e combater o avanço do Covid-19 e evitar o contágio de pessoas. As alterações passam pela fiscalização da saúde municipal sobre estabelecimentos comerciais e a rede hoteleira e o cancelamento de cirurgias eletivas da Santa Casa.

“Nós estamos suspendendo os atendimentos eletivos, que eram disponíveis para esses pacientes, para que estejam a disposição da comunidade caso tenha contaminação pelo coronavírus aqui na nossa região. Ficarão disponíveis aproximadamente 15 enfermarias para esses casos”, confirmou o diretor administrativo da Santa Casa, Frei Bartolomeu Schultz.

A suspensão passa a valer nesta quarta-feira e se estende pelos próximos trinta dias. A medida acata uma recomendação colocada em prática pela Prefeitura de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo, de suspensão de cirurgias sem urgência. Na última sexta-feira, o governador João Dória (PSDB) sugeriu as suspensões.

Schultz foi questionado sobre leitos específicos para possíveis casos confirmados de Covid-19 em Aparecida. Segundo o Frei, já há uma ala destinada para casos confirmados. “Nós adotamos hoje de manhã. Tivemos uma reunião enquanto comissão da Santa Casa e adotamos os protocolos do Ministério da Saúde. O paciente que chegar e identificarmos que ele é suspeito de coronavírus, ele é isolado num ambulatório específico para fazer a triagem e exames. Caso se confirme, ele vai para essa ala ‘azul’ que é destinada a casos de pessoas confirmadas com o Covid-19”, concluiu.

As medidas adotadas pelo hospital são preventivas, já que não há nenhum caso confirmado de coronavírus em Aparecida.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?