Saae reajusta tarifa da água de Aparecida em quase 11%

Serviço justifica novos valores após dois anos sem reajustar contas; moradores questionam momento frágil para reajuste

Agentes do SAAE em Aparecida durante serviço de manutenção da rede de esgoto; cidade tem reajuste de tarifa (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
Aparecida

O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Aparecida confirmou o reajuste de 10,74% na tarifa da água do município. O novo valor para cobrança passa a vigorar neste mês, com vencimento previsto já para junho. De acordo com o serviço, a correção ocorre de forma anual, já sendo prevista para 2022.

A proposta de reajuste passou por aprovação em reunião realizada dos representantes do Conselho Administrativo do Saae. A pauta tratou sobre a necessidade do reajuste e da correção, de acordo com um dos índices escolhidos pela autarquia para aplicar o novo valor na conta de água.

O analista de mídias digitais, Wellington Ribeiro, mora no bairro Itaguaçu e não concorda com o reajuste, já que o município ainda trabalha para retomar a vida econômica normal que existia antes da pandemia, provocada pela Covid-19. Wellington citou que boa parte da população depende da demanda turística e o movimento na cidade, ainda que tenha crescido nos últimos meses, não se compara ao período pré-pandêmico. “Aprovar um reajuste de quase 11% em um ano pós-pandemia é muita falta de sensibilidade. A grande maioria da população de Aparecida depende do comércio, da feira, do shopping, e foi muito prejudicada durante a quarentena. Agora que eles estão voltando a trabalhar e colocando as contas em dia, vem esse aumento do nada”, criticou.

O morador citou ainda que o reajuste, somado a outros aumentos, pesa no bolso do consumidor. “A gente pode pensar que quem paga R$ 50, paga R$ 55, mas se formos pensar no próximo, quantas famílias lutam por cada centavo no orçamento e qualquer aumento pesa no bolso. Ainda mais quando a gente junta com aumento no mercado, combustível. Acredito que para o reajuste ser justificado, eles teriam que melhorar muito o serviço prestado na cidade”, concluiu.

Procurado pela reportagem do Jornal Atos, o Saae informou, por nota, que a última correção aplicada na tarifa de água foi de 7,31%, ocorrido em julho de 2020. Segundo o serviço, o índice usado para o reajuste foi o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). “O menor valor de referência de correção oficial aplicado (trecho da nota)”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?