Mães são agredidas pelos filhos em Aparecida e Lorena

Homem é preso e adolescente internado na Fundação Casa; menor tenta colocar fogo na cama da avó

Viaturas da Polícia Militar; PM apreende agressores e encaminham menor a fundação casa (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
RMVale

A última terça-feira (21) foi marcada pelo medo e decepção para duas moradoras de Aparecida e Lorena, agredidas e ameaçadas de morte pelos próprios filhos. Em um dos crimes, o detido tentou esfaquear a mãe e incendiar o quarto da avó.

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro caso de violência ocorreu, por volta das 11h, no bairro São Sebastião em Aparecida. Uma mulher de 31 anos acionou a Polícia Militar pedindo socorro já que seu filho, de apenas 13 anos, estava tentando esfaqueá-la. Ao chegar na casa da família, os policiais conseguiram deter o menor de idade. Num dos cômodos do imóvel, os PM´s constataram que o adolescente tentou atear fogo na cama da avó, mas as chamas apagaram antes de consumir todo o colchão.

Em depoimento, a mãe relatou que as agressões começaram após ela questionar o fato de o filho ter saído de casa no último domingo (19) e ter retornado apenas dois dias depois. Insatisfeito com a “bronca”, o menor foi até a cozinha e pegou uma panela, que estava com óleo quente. Na sequência, ele arremessou o objeto na direção da vítima, mas ela conseguiu desviar. Poucos minutos depois, ele tentou esfaquear a mãe e a avó, de 52 anos, mas elas conseguiram fugir e chamar a PM.

Apreendido por tentativa de homicídio, o adolescente foi encaminhado à Fundação Casa de Taubaté. No começo deste ano, ele já havia sido apreendido por tentar enfocar a avó, mas foi liberado após prestar depoimento.

Já o segundo caso, ocorreu em uma casa no bairro Vila Rica em Lorena. Segundo a PM, vizinhos da família acionaram a corporação após ouvirem gritos e outros barulhos suspeitos.

Ao chegar no local, os policiais perceberam que o morador, que estava visivelmente alterado, havia danificado o carro da mãe e quebrado diversos objetos da residência. Após detê-lo, os PM´s ouviram o relato moradora, que afirmou ter sido agredida por ele.

Encaminhado à Delegacia de Lorena, o criminoso, que responderá por violência doméstica, permanece à disposição da Justiça. Mãe e filho não tiveram seus nomes e idades divulgados.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?