Após registrar novas mortes por Covid-19, Pinda adia retorno às aulas presenciais

Atividades in loco continuam suspensas para todos os grupos; Educação planeja manter os plantões pedagógicos e material online

Salas de aula devem continuar vazias em Pinda, após o adiamento do retorno presencial; plantões pedagógicos são mantidos (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Como medida de prevenção ao contágio do novo coronavírus, a secretaria de Educação de Pindamonhangaba decidiu adiar o retorno às aulas presenciais. Assim como os alunos do ensino fundamental, estão suspensas as retomadas da educação infantil e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Somente em uma semana, a cidade registrou mais de duzentos novos casos e 11 mortes.

A Prefeitura destacou que a decisão de postergar o retorno às salas foi tomada em conjunto entre as pastas de Saúde e Educação, devido à incidência da doença e da possível circulação das novas variantes na RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). Ainda não foi divulgada uma nova data para o retorno dos estudantes às escolas.

Apesar de adiar as aulas presenciais, a secretaria de Educação deve manter os plantões pedagógicos, de segunda a quinta-feira, para auxiliar os estudantes, além de manter as atividades remotas e impressas, como meio de atender toda a rede municipal de ensino. “Vamos manter o plantão pedagógico para os estudantes do ensino fundamental, mas os pais que não quiserem levar seus filhos estão livres para tomar essa decisão, sem nenhum prejuízo aos alunos. Além disso, sobre as aulas, possuímos todas as atividades de modo remoto e também temos a opção impressa disponível. Assim, conseguimos proporcionar conteúdo a todos os públicos”, comentou a responsável pela pasta, Luciana Ferreira.

Pindamonhangaba havia esquematizado o retorno em seis fases para os diferentes grupos de ensino. A retomada aconteceria gradativamente até abril. A primeira começaria nesta semana, com três aulas semanais (com duração de até três horas) e 15 alunos por período. Mas o plano foi descartado diante do contexto. A secretária afirmou ainda que o cenário pode mudar e novos ajustes podem ser efetuados futuramente.

Avanço do vírus – Conforme o último boletim divulgado pela Prefeitura, Pinda já registrou 7.862 casos de Covid-19. Mais de 2,6 mil pessoas ainda aguardam os resultados dos exames, enquanto 19 seguem internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?