Valor do IPTU sofre reajuste de quase 4% em Guará

Carnês começam a ser entregues em janeiro de 2021; cota única tem desconto de 5%

Rua na região central de Guará; cidade reajusta imposto em 3,92% para o próximo ano (Foto: Arquivo Atos)

Thales Siqueira
Guaratinguetá 

A Prefeitura de Guaratinguetá anunciou no último dia 4, um reajuste de 3,92% no valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Os carnês começarão a ser distribuídos em janeiro do próximo ano, pela agência dos Correios.

O pagamento do imposto em cota única terá desconto de 5%, se efetuado pelo contribuinte até o dia 25 de fevereiro. Para as pessoas que optarem pelo pagamento parcelado, o vencimento será todo o dia 25, iniciando também em fevereiro.

As prestações poderão ser quitadas em todas as agências bancárias desde que os pagamentos sejam efetuados até o dia do vencimento. Após a data, o carnê deverá ser pago exclusivamente em agências da Caixa Econômica Federal.

A subsecretária da Fazenda do município, Tânia Mara Souza, ressaltou que o reajuste do IPTU tem como base de cálculo o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo) referente ao período de novembro de 2019 a outubro de 2020.

Mara frisou ainda que a população deve receber os talões a tempo para o pagamento. “Nós já fizemos uma reunião e estamos montando uma equipe de força de trabalho com o Correio para atender exclusivamente a Prefeitura na distribuição dos carnês”.

Com o objetivo de agilizar os trabalhos administrativos, outra opção será o acesso da segundo via do boleto, a partir do dia 20 de janeiro, no site da Prefeitura. “Caso o munícipe quiser, antes de receber na sua residência, pode antecipar ao acessar a nossa página e imprimir o seu carnê 2021”.

A respeito do mapeamento, denominado georreferenciamento, que serve de base para o cálculo do IPTU, a subsecretária explicou que neste ano a ferramenta não foi utilizada. “É uma ferramenta que a prefeitura contratou e vai ser captado todas as imagens por satélite, e assim que esse trabalho for finalizado no início do próximo ano será realizado uma revisão para o IPTU de 2022”.

Em relação aos contribuintes que pedirem a isenção do imposto é necessário realizar um requerimento, mas o local de atendimento ainda não foi definido.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?