EDP registra mais de 4,5 mil fraudes de energia na RMVale

Alto número de ocorrências em 2019 preocupa empresa; ligação elétrica clandestina é a quarta maior causa de morte no Brasil

Técnico da EDP durante vistorias externas; Companhia registra alto índice de fraudes de energia na região (Foto: Reprodução)

Larissa Diamantino
RMVale

A principal distribuidora de energia elétrica da Região Metropolitana do Vale e Litoral Norte registrou em 2019 mais de quatro mil irregularidades em residências, comércios e indústrias. Conhecidas popularmente como “gatos”, os problemas expõe o responsável e terceiros a riscos, como choques elétricos, curto circuitos e até incêndios, além de acarretar prejuízos para a população.

Durante trabalho de fiscalização, a EDP recuperou uma quantia suficiente para abastecer Aparecida e Lorena, juntas, um total de 30 mil MW/hora. Em entrevista para o Jornal Atos, o gestor da empresa, Giuliano Vieira, conta que após o flagrante, o responsável pelo local é convidado a participar da apuração da energia furtada, junto dos técnicos especialistas da empresa e, conforme regras da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), é realizada a cobrança de todo o valor não faturado durante o período do furto.

Além de perigoso, o furto de energia contribui para tornar a conta de luz mais cara aos consumidores. O gestor executivo da EDP afirmou ainda que o Estado de São Paulo também foi prejudicado no ano passado, já que deixa de arrecadar o ICMS (Imposto sobre Comercio e Serviço), cobrado por meio da conta de luz, que poderia ser utilizado em benefícios à própria população.

“Muitas vezes, os ‘gatos’ são feitos de forma precária, o que aumenta muito o risco de acidentes graves a quem pratica o crime e para toda a população. O objetivo das ações da EDP é garantir a segurança e também a qualidade do serviço aos consumidores que pagam suas contas em dia,” destaca Vieira.

A Abradee (Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia) aponta que ligação clandestina é a quarta maior causa de morte no país relacionada à energia elétrica. Somente em 2018 foram 12 óbitos registrados no Brasil.

Devido aos agravantes para a região, a distribuidora de energia elétrica mantém trabalho da conscientização por meio de alerta nas escolas e distribuição de panfletos, além da divulgação por meio dos veículos de comunicação e criou canais para denúncias e atendimento, como o próprio site edponline.com.br;o aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android, iOS e Windows Phone); agências de atendimento (com endereços de cada ponto no site EDP Online) e a Central de Atendimento ao Cliente no telefone 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).

 

Fraudes de energia encontradas por município:

 

Municípios Irregularidades identificadas Energia total recuperada MWh
APARECIDA 125 949
CACHOEIRA PAULISTA 34 115
CANAS 6 11
CRUZEIRO 170 617
GUARATINGUETA 246 1.009
LORENA 138 6.075
PINDAMONHANGABA 349 1.854
POTIM 29 140
ROSEIRA 20 51
TAUBATE 603 2.809
TREMEMBE 70 256
CACAPAVA 321 1.750
JACAREI 541 3.126
JAMBEIRO 4 371
MONTEIRO LOBATO 5 7
SANTA BRANCA 27 121
SAO JOSE DOS CAMPOS 1.850 10.383

(Tabela disponibilizada pela EDP/2020)

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?