Codivap cobra do Governo do Estado ampliação de leitos e de doses da vacina

Prefeitos da região temem por colapso do novo coronavírus; Litoral Norte pede maior atenção com acessos aos municípios

Reunião com prefeitos da RMVale, que tratou sobre ampliação da estrutura e vacinas contra a Covid-19 (Foto: Divulgação Codivap)

Lucas Barbosa
RMVale

Durante uma videoconferência com representantes do Estado no último dia 24, a Codivap (Associação de Municípios do Vale do Paraíba) solicitou a criação de mais leitos para pacientes diagnosticados com a Covid-19 na região. Além do aumento na distribuição de doses da vacina, o órgão cobrou o apoio estadual para evitar uma ‘invasão’ de turistas nas cidades praianas durante o megaferiado da capital.

Além de mais de trinta prefeitos da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), a videoconferência contou com as participações do secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, da diretora técnica do Departamento Regional de Saúde, Nádia Meireles, e o secretário executivo da Polícia Militar, coronel Alvaro Camilo.

Na ocasião, o presidente da Codivap e prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB), ressaltou que devido ao fato de que cerca de 88% dos leitos de UTI da RMVale estarem ocupados até terça-feira, dia23, seria necessário o Estado ampliar as estruturas de funcionamento dos hospitais regionais de Caraguatatuba e São José dos Campos. Desta maneira, as 39 cidades da região teriam mais agilidade para encontrar vagas para seus moradores vitimas da pandemia.

Na sequência, Santana e outros prefeitos reclamaram da defasagem na distribuição das doses das vacinas contra o novo coronavírus na região, o que tem dificultado e atrasado o processo de imunização de diversas faixas etárias.

No fim da reunião, o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior (MDB), pediu aos representantes do Estado um reforço no contingente das polícias Militar e Rodoviária Estadual para evitar a chegada de um alto fluxo de turistas da capital paulista durante o megaferiado, de dez dias, que ocorre de 26 de março até 4 de abril.

Em resposta às demandas da Covidap, Marcos Penido comprometeu-se em encaminhá-las o mais breve possível ao governador João Doria (PSDB). Ele destacou que o Estado está fazendo o possível para fortalecer o sistema de Saúde da RMVale durante o enfrentamento à pandemia.

Vale Histórico – A reunião teve um saldo positivo para os moradores do Vale Histórico, microrregião formada por Arapeí, Areias, Bananal, Cruzeiro, Lavrinhas, São José do Barreiro, Silveiras e Queluz.

Após solicitação dos Municípios, o Estado confirmou que custeará a ampliação da estrutura de atendimento da Santa Casa de Cruzeiro. “Tivemos a aprovação para o custeio de 36 leitos de clínica médica que já estão disponibilizados para toda região e inclusos no sistema do Estado. Além disso, estamos em fase avançada para o custeio efetivo de leitos de UTI Covid, podendo ampliar nossa estrutura de 28 para 32 leitos. Acreditamos que a aprovação estadual deverá ocorrer nos próximos dias”, explicou o prefeito de Cruzeiro, Thales Gabriel Fonseca (PSD).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?