Sindicato dos Metalúrgicos de Pinda tem sede fechada para reforma

A sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba; prédio parado para obras por seis meses (Foto: Reprodução)
A sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba; prédio parado para obras por seis meses (Foto: Reprodução)

Da Redação
Pinda

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, conhecido como o “Prédio da CUT”, está fechado para obras de ampliação. O órgão é o maior da cidade e abrange cerca de sete mil trabalhadores. O atendimento é feito em novo endereço, na avenida Albuquerque Lins, nº 125, no Centro, em frente ao PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador). O telefone também mudou para o 3522-1142.

A reforma está prevista para seis meses. A garagem atual dará lugar a uma nova estrutura com mais dois andares, um com sala de informática e sala de treinamento, e no outro um auditório para 120 pessoas. A ampliação dará ao prédio mais 400 m², e a instalação de um elevador vai permitir o acesso de cadeirantes ao piso superior.

Segundo o presidente do Sindicato, Herivelto Vela, a obra é necessária para dar condições adequadas aos usuários. “O piso do prédio todo precisa ser trocado, precisa melhorar a acessibilidade e precisa de mais espaço mesmo. O auditório vai permitir a realização de muitos encontros, inclusive com outras categorias, não só de metalúrgicos. O Sindicato tem que ser um local de acolhida. É a casa do trabalhador”, contou.

O Departamento Jurídico do Sindicato também está em novo endereço, à rua Inácio Henrique Romeiro, número 73, no bairro São Benedito.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?