Câmara vota redução de salários de vereadores, prefeito e vice em Cunha

Votação deve ser definida na sessão desta segunda-feira; se aprovado, projeto reduz subsídios em 50%

Vereador Rodrigo do Neto, autor do projeto para redução de subsídios, que volta à pauta hoje (Foto: Reprodução CMC)

Leandro Oliveira
Cunha

A Câmara de Cunha vota nesta segunda-feira (21) um projeto que pode diminuir pela metade os salários dos próprios vereadores, do prefeito, vice-prefeito e de secretários municipais. O PL é de autoria de três vereadores e, se aprovado, já passa a valer para o exercício entre 2021 e 2024.

A proposta foi apresentado pelos vereadores Rodrigo do Nascimento (PL), Ilson Ledoíno (PP) e Whendel Monteiro (PSD) no começo do ano, mas acabou barrado. Com base na Lei Orgânica do Município, o mesmo projeto pode entrar direto para análise do plenário até 45 dias antes das eleições municipais.

“Poderia ser feita (votação) 45 dias antes das eleições, sendo que a eleição era em outubro. A gente fez uma lei complementar para fazer a votação um pouco antes e não precisar deixar 45 dias antes das eleições. A gente aprovou a lei complementar antes do recesso”, justificou Nascimento. “O jurídico pediu mais tempo para analisar o projeto e por isso vamos votar na próxima sessão”, concluiu.

Cunha conta hoje com 11 vereadores e para aprovar a proposta é necessária maioria simples da Casa (seis votos).

No começo deste ano, após um voto contra a mesa diretora derrubou a proposta. O presidente da Câmara, Luiz Fernando da Silva (MDB), e o primeiro secretário Whendel Monteiro votaram a favor, mas o vice-presidente, Haroldo Ronaldo Fernandes (PROS) foi contra e o projeto acabou rejeitado.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?