Escola de Caraguatatuba suspende aulas após ataque a facadas contra diretora

Adolescente atacou educadora na saída da escola; atividades são suspensas até a próxima semana

Fragrante do ataque que deixou diretora ferida em Caraguatatuba; alunos diz não estar arrependido (Foto: Reprodução)

Da Redação
Caraguatatuba

A escola estadual Professor Ângelo Barros de Araújo, em Caraguatatuba, teve as aulas suspensas, após a diretora ser esfaqueada por um aluno, nesta semana. A mulher que já passou por cirurgia está hospitalizada, em São José dos Campos.

De acordo com um informativo publicado nas redes sociais, as aulas presenciais estão suspensas, pois o corpo docente e funcionários terão reuniões. Segundo a secretaria estadual de Educação, eles estão sendo acompanhados pelo Conviva, programa que busca melhorar a convivência no ambiente escolar em todos os âmbitos. É esperado que ações sejam adotadas no retorno das aulas, na próxima semana.

O ato violento ocorreu no termino da aula do período noturno. De acordo com investigação da Polícia Civil, a mulher abria o portão da escola para que o adolescente saísse, quando foi esfaqueada várias vezes. Ela foi ferida no abdômen, braço e perna. A vítima foi socorrida ao Hospital Stella Maris, onde passou por procedimento cirúrgico. Devido à gravidade das lesões, a educadora precisou ser transferida para São José dos Campos, onde está internada. Não há informações sobre o seu quadro de saúde.

O aluno fugiu após o crime, mas foi identificado por policiais militares. Em depoimento a Polícia Civil, ele afirmou ter cometido o crime após uma “quebra de confiança com a diretora”, o que teria o deixado com raiva. Aos investigadores, o menor, que também se feriu com a faca e foi atendido por médicos, revelou que não está arrependido.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?