Ballerini anuncia R$ 3 milhões para Santa Casa enquanto aguarda o Tripé da Saúde

Estado confirma repasse, mas não detalha entrega de aporte de anúncio feito em 2021 de fortalecimento de hospitais de Lorena e Guaratinguetá

Sede da Santa Casa de Lorena; prefeito Sylvio Ballerini repassa verba de R$ 3 milhões para saúde pública (Foto: Rafaela Lourenço)

Rafaela Lourenço
Lorena

Depois de um ano da promessa sobre o envio de investimentos, o “Tripé da Saúde” ainda é uma incógnita. Enquanto o fortalecimento das santas casas de Lorena e Guaratinguetá não é disponibilizado pelo Estado, o prefeito Sylvio Ballerini (PSDB) anuncia o repasse de R$ 3 milhões para o hospital de Lorena. O recurso pode ser complementado com emendas parlamentares.

Atrelado à construção do Hospital Regional em Cruzeiro, o governo estadual, à época com João Doria (PSDB), anunciou o fortalecimento para as cidades que já exercem um atendimento regional, mas os prazos foram repassados aos prefeitos e diretorias dos hospitais e até o momento nenhuma definição. Na última semana, o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) se reuniu com prefeitos da região, em São José dos Campos, encontro que rendeu um contato direto do secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, com Ballerini.

Segundo o chefe do Executivo, a semana foi de muita pressão e cobrança para o hospital da cidade. Com o retorno do secretário, veio a notícia do repasse de R$ 3 milhões para a saúde pública. “Tá pra sair, mas fica uma demora política né. O secretário me disse ‘olha Sylvio, vou mandar R$ 3 milhões pra você e você faz o que quiser, ou vai para os postinhos…’. Eu vou passar automaticamente para a Santa Casa, que têm uma necessidade grande”.

O superintendente da Santa Casa, Dario Costa, frisou que tem cobrado constantemente a regional de saúde e o Estado e que há cerca de trinta dias a cobrança foi oficializada para a Prefeitura, a DRS (Diretoria Regional de Saúde), secretaria de Saúde do Estado e a Casa Civil. “Eu sei que isso aí teve uma devolutiva para a regional de Saúde, mas eu não obtive resposta desse ofício que encaminhei ainda. Essa promessa de R$ 2 milhões que eu ouvi dentro do Palácio do Governo numa reunião que tivemos lá, que esse pagamento começaria em janeiro”, salientou.

Ainda de acordo com o superintendente, o hospital tem uma dívida de aproximadamente R$ 800 mil com equipe médica, R$ 1 milhão de fornecedores e insumos hospitalares, além de enfrentar o desabastecimento de insumos. “Fiquei muito feliz em saber todo o empenho do prefeito e o compromisso que ele falou de um recurso que virá através de um deputado e ele vai aportar esse dinheiro na Santa Casa. Aí sim nós conseguiríamos equilibrar as contas, mas não sair do vermelho”, explicou ao citar que a verba de R$ 3 milhões já garantidos deve amenizar, mas não resolver o atual problema financeiro.

Por nota, o Estado questionado sobre o tripé e ressaltou outro programa, o “Mais Santas Casas” que ampliou 25% dos repasses em custeio para entidades e confirmou a destinação do recurso de R$ 3 milhões. “Na região do Vale do Paraíba, 21 unidades estão sendo contempladas pelo programa, dentre elas, a Santa Casa de Lorena, com R$ 3,6 milhões, e a Santa Casa de Guaratinguetá, com R$ 3,8 milhões. Além disso, a Santa Casa de Lorena receberá um aporte financeiro de três milhões extras, para o fortalecimento dos serviços prestados à região (trecho da nota que não especifica se o repasse será mensal ou único)”.

Lorena segue com uma média de atendimentos alta e 75% de ocupação de leitos. Segundo Dario Costa, há serviços com mais de 100% de ocupação. Apenas de Pronto Socorro são cerca de quatrocentos pacientes locais e de cidades vizinhas atendidos por dia. No final de abril, o hospital chegou a suspender internações após superlotação de leitos.

Neste ano, o levantamento feito até o dia 2 de junho apontou que a Santa Casa havia recebido 89 mil pessoas via SUS (Sistema Único de Saúde).

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?