Comércio da região promete aquecer dados de contratações para o final do ano

Pinda, Guaratinguetá e Cruzeiro estão entre as cidades com perspectivas de crescimento nas vendas e reforço de equipes em relação a 2021

A Rua Principal do Centro de Lorena; região pretende aquecer economia com contratações (Foto: Arquivo Atos)

Andréa Moroni
RMVale

De acordo com um levantamento feito pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC (Serviço de Proteção de Crédito), em parceria com o Sebrae, 94,7 mil vagas temporárias devem ser abertas no final do ano devido ao Black Friday e ao Natal no país. Número menor em relação ao ano passado, em 2021 a projeção foi de 105.723 vagas.

Mas o menor número de contratações temporárias esse ano em relação a 2021 pode ser pela queda de demissões, a pesquisa aponta que 87% das empresas não demitiram nenhum funcionário nos últimos 3 meses.

As vagas que as empresas estão mais buscando são para vendedor (29%), ajudante (24%) e balconista (16%). Mulheres também são as preferidas a serem contratadas em relação aos homens, com 25% e 17% respectivamente. Mas a maioria das empresas (55%) afirmaram que não se importam com o gênero dos profissionais. Pelo menos 61% das empresas destacam que preferem contratar jovens com idade entre 16 e 34 anos.

São Paulo – O varejo paulista deve encerrar o último trimestre do ano com a geração de cerca de 47,5 mil postos de trabalho com carteira assinada, de acordo a Pesp (Pesquisa de Emprego no Estado de São Paulo), índice da Fecomercio-SP (Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). Se confirmados estes números, a criação de vagas será semelhante à registrada no mesmo período de 2021, quando o segmento gerou 47.472 empregos celetistas no Estado.

RMVale – O comércio de São José dos Campos planeja abrir um bom volume de empregos temporários para o Natal neste ano de 2022. Isso é o que revela a mais recente pesquisa da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, feita em parceria com a Universidade de Taubaté, por meio do Nupes (Núcleo Pesquisa Econômico-Sociais).

Segundo o levantamento, 58% das lojas da cidade pretendem contratar mão de obra temporária para reforçar suas equipes para as vendas de Natal, com 79,6% prevendo abrir até três vagas. Frente a 2021, a expectativa de geração de empregos teve um crescimento de 30% este ano.

A previsão de vagas temporárias tem como base a expectativa positiva do comércio de São José dos Campos para o Natal, apontada pela pesquisa ACI/Unitau.

Segundo o levantamento, 80% dos lojistas da cidade estão otimistas frente às vendas de Natal este ano, com 37% prevendo reforçar estoques além do volume registrado em 2021.

Pindamonhangaba – A cidade estima um acréscimo significativo nas contratações temporárias. Segundo o Sindicato do Comércio, a abertura de novos pontos comerciais e a expectativa de crescimento nas vendas impulsionam as contratações. “Com inflação e desemprego em queda e número de empregos com carteira assinada crescendo, estamos estimando um crescimento nas vendas do comércio em torno de 19 %”, afirmou Antônio Cozzi, presidente do Sincomercio.

Guaratinguetá – Pesquisa realizada pela Aceg – Associação Comercial e Empresarial de Guaratinguetá junto ao comércio local, 32% dos lojistas afirmaram ter intenção de contratar funcionários temporários para as vendas de final de ano. Já 52% dos entrevistados disseram não ter intenção de contratar. Quanto às vendas neste final de ano, 96% dos comerciantes esperam aumento em relação à 2021. Apenas 4% disseram não esperar aumento. A pesquisa entrevistou representantes do comércio varejista e prestadores de serviço.

Em Cruzeiro, o Sindicato do Comércio prevê que haverá contratações temporárias por alguns comerciantes. “Estamos com uma expectativa boa para esse ano em relação ao passado. Apesar de não ser o ideal, como era antes da pandemia, deve haver mais contratações do que no ano passado”, informou Charles Fernandes, presidente do Sincomércio.

Procurada pela reportagem do Jornal Atos, o Sindicato do Comércio de Lorena não soube informar as expectativas para o período e revelou não ter levantamento quanto a possibilidade de contratações.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?