Com sim popular à Festa do Tropeiro, Guilherme Carvalho recebe 92,53% de aprovação

Pesquisa Jornal Atos aponta avaliação sobre administração, saúde e realização do evento em Silveiras

Guilherme Carvalho recebe lote de vacinas para campanha em Silveiras; prefeito tem avaliação recorde em pesquisa (Foto: Divulgação PMS)

Da Redação
RMVale

Um dos municípios da região que mais surpreendeu na evolução administrativa e de atendimentos nos últimos anos. Essa é a avaliação que boa parte dos moradores de Silveiras têm feito da cidade. A administração de Guilherme Carvalho (PSDB) foi foco da primeira pesquisa de popular realizada pelo Jornal Atos. O projeto focou ainda outro tema que tem dominado as rodas de conversas: a realização da Festa do Tropeiro em meio à nova crescente de casos da Covid-19.

Uma equipe do Atos foi à cidade para ouvir moradores de 17 bairros. O trabalho, realizado no último dia 9, entrevistou 67 pessoas, que responderam sobre temas como saúde e administração, além da avaliação do Executivo e Legislativo.

Foram 32 mulheres e 34 homens (uma pessoa não se identificou quanto ao gênero). Os entrevistados variaram de 18 a 80 anos, com grau de escolaridade de não alfabetizados a ensino superior.

Entre os entrevistados, 42 (62,68%) apontaram a administração de Guilherme Carvalho como boa e 8 (11,94%) como ótima. No total, a aprovação do prefeito atingiu 92,53%. Recorde na região.

Com cinco anos e seis meses de administração, Carvalho assumiu a cidade com o cofre em baixa, saúde desestruturada e com contato raso junto ao Estado e União. Já em seu segundo mandato, o saldo positivo de convênios realizados, postos de saúde estruturados e estrutura levada a bairros mais distantes.

Já o tema da vez é a retomada da Festa do Padroeiro. Mais evento cultural do município de sete mil habitantes, a festa chega, de acordo com o secretário de Turismo da cidade Leandro Meirinho, a reunir até trinta mil pessoas. Mas o aumento nos registros de contaminados pelo novo coronavírus colocou em xeque a realização.

Com a interrogação, o Jornal Atos também abordou a opinião da população quanto à festa. Dos 67 ouvidos, 26 foram a favor (38%) e 41 foram contra a realização.

Pós e contras – Outros temas também foram abordados. A avaliação da saúde apontou que 4,47% veem como ruim o serviço, contra 19,40% como regular, 64,17% boa e 11,94% avaliam como ótima.

Mas não foi apenas a Prefeitura alvo da avaliação. A Câmara também passou pelo crivo popular. 14,92% dos entrevistados veem o trabalho dos vereadores como ruim, enquanto 25,37% votaram regular, 46,26% como boa, 2,98% ótima e 2,98% não souberam responder.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?