Com investimento de R$ 345 milhões, Estado prorroga Merenda Em Casa

Assistência financeira para 770 milhões de estudantes da rede estadual é garantida até o final de dezembro

Uma das escolas estaduais de Pinda; Governo amplia o programa Merenda em Casa (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
RMVale 

O Governo do Estado prorrogou, na última semana, o programa “Merenda em Casa” até dezembro. Cerca de 770 mil estudantes terão o auxílio garantido nos meses de novembro e dezembro. Ao todo, o investimento é de R$ 345 milhões em todo o estado de São Paulo.

O programa foi implementado ainda no início da pandemia com o objetivo de destinar o valor de R$ 55 para estudantes que pertencem às famílias em vulnerabilidade social. A intenção é facilitar a compra dos alimentos, durante o período de suspensão das aulas presenciais. “O programa atende os estudantes mais carentes, aqueles que vivem, infelizmente, em situação de pobreza ou extrema pobreza e que recebem a oportunidade de fazerem a sua merenda em suas casas”, afirmou o governador, João Doria (PSDB). A oitava parcela do benefício foi paga recentemente e a previsão é que a referente ao mês de dezembro seja transferida ao longo do mês.

Mesmo com parte das escolas do Estado retornando às atividades presenciais, o Governo decidiu estender o benefício até o fim de 2020.

De acordo com a secretaria de Educação, após a suspensão das aulas em classe, o foco foi transferido para os estudantes em extrema pobreza, inscritos no Bolsa Família ou no Cadastro Único.

O pagamento das parcelas é feito através do aplicativo PicPay, que pode ser utilizado em qualquer celular. As famílias que receberam o subsídio anteriormente e concluíram o cadastro através da validação da identidade não precisam repetir o processo, pois o pagamento cairá automaticamente. “Para ter acesso ao benefício não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24 horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional”, destacou nota do Estado.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?