RMVale ultrapassa 26,2 mil casos de Covid-19

Em um mês foram mais de 15 mil novas notificações; Lorena e Guaratinguetá registraram mais óbitos no fim de semana

UPA do Araretama, entregue durante pandemia, em Pinda; cidade reforçou estrutura e sofre com avanço de casos (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
RMVale

Com o isolamento social em baixa, as secretarias de Saúde da região já notificaram juntas 26.206 casos da Covid-19. A situação é ainda mais preocupante em cidades mais populosas, como Pinda que está entre as cinco com maior incidência da doença. Seguindo a ascensão das contaminações, Lorena e Guará notificaram mais três mortes.

De acordo com o levantamento feito com dados das secretarias de Saúde, no último domingo, 15.069 pessoas foram contaminadas pelo vírus nos últimos trinta dias. Para 796 delas, a doença foi fatal. Somente Pindamonhangaba identificou 1.396 casos desde o início da pandemia, ao menos, dez pacientes permanecem hospitalizados sendo três deles na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e sete na enfermaria. Outros 480 moradores ainda aguardam a confirmação da enfermidade, 12 deles estão internados.

A situação também está agravada em Caraguatatuba que segue 1225 contaminações e Guaratinguetá que tem 941 infectados, até o momento a secretaria de Saúde contabiliza que 357 estão recuperados. A cidade teve ainda mais dois óbitos registrados, no fim de semana. Duas pacientes, de 82 e 41 anos, não resistiram às complicações do vírus. Entre os bairros com maior incidência estão: Pedregulho (67), Jardim do Vale (55), Nova Guará (43), Beira Rio (42) e Village Santana (34).

Lorena confirmou ainda mais uma morte, totalizando vinte vítimas da Covid-19. De acordo com a pasta responsável, um homem de 87 anos que possuía comorbidades faleceu. Ele estava internado para tratamento da doença na Santa Casa desde o dia 2 de agosto. O município tem 575 infectados, a ocupação de leitos de UTI na Santa Casa e no hospital privado chegou a 80% da capacidade.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?