Notificação de infecção por Covid-19 chega após sepultamento de rapaz

Jovem de 26 anos faleceu na última semana; confirmação da doença por laboratório privado aconteceu após o enterro

O PS de Pinda que tem atendido pacientes contaminados pelo novo coronavírus; caso de advogado segue sob análise (Foto: Arquivo Atos)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

A informação de caso positivo para Covid-19 em um paciente de Pindamonhangaba gerou preocupação na cidade. Após o velório e sepultamento do homem, um advogado da cidade, foi confirmado a infecção causada pelo novo coronavírus. De acordo com relatos de colegas divulgados em redes sociais, o pai do jovem também está contaminado num hospital de São José dos Campos.

Segundo informações da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Pindamonhangaba, a família entrou em contato com a instituição para o comunicar o falecimento. “Ficamos chocados. Ninguém esperava (a morte precoce)”, destacou o presidente da OAB Pinda, Antônio Azzis, que relatou ainda que embora o jovem fosse credenciado há cerca de quatro anos, ele não o conhecia, mas soube que várias pessoas estiveram presentes, pois “o rapaz era gente boa”. A Prefeitura de Pindamonhangaba enfatizou que até o momento do sepultamento o quadro não constituía nem mesmo caso suspeito. o advogado foi atendido no Pronto Socorro Municipal. O Município voltou a destacar a importância de manter atenção aos sintomas gripais característicos da enfermidade e procure uma unidade de saúde ao sentir agravamento dos sinais.

A funerária responsável pelo translado do corpo publicou nota em rede social junto ao laudo médico, e reforçou que não informada da possível infecção. “Quero esclarecer aqui que antes de chegar ‘nas nossas mãos’, na nossa autonomia, passa por alguns órgãos públicos que de fato dá ou não a liberação para a manipulação e velório. Quero esclarecer também que foi omitida a informação que o falecido havia feito o teste no laboratório particular e estava aguardando sair o resultado”. Os responsáveis declararam ainda que no laudo não constava Covid-19 e que estão em contato com os órgãos competentes para que não haja mais falhas e riscos para a população. Sobre o velório, a administração ressaltou que há uma divergência em relação ao horário de notificação de suspeita, “pois a informação de eventual contaminação só chegou ao conhecimento das autoridades competentes durante o fato”.

Como medida de contenção da doença que já atingiu 135 pessoas em Pinda e vitimou nove, o Município orienta que as pessoas usem máscaras e mantenham a higienização contínua das mãos.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?