Isael anuncia investimento estadual de R$ 54,5 milhões em rodovias

Novo piso asfáltico deve garantir qualificação na Abel Fabrício Dias e Amador Bueno da Veiga; valor chega a 10% do orçamento municipal

Coletiva com o vice-prefeito e prefeito de Pinda, Ricardo Piorino e Isael Domingues, respectivamente; novos recursos (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

Em nova coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (23), o prefeito Isael Domingues (PL) anunciou a chegada de R$ 54,5 milhões para melhoria de rodovias estaduais que cortam o município. O montante faz parte do programa “Estrada Asfaltada” do Governo do Estado.

Segundo a gestão municipal, o investimento é resultado de trabalhos e articulações junto ao governo Doria (PSDB), uma vez que poucas cidades da região foram beneficiadas. “Esse investimento veio a calhar, porque ele também dá segurança pra quem vem aqui pra cidade, pra turista, não só pro nosso povo, mas para as pessoas verem que a cidade tá bem cuidada, isso mostra a boa relação política que nós temos (…) com governo estadual e federal. Tem um ditado que fala que na briga do mar e do rochedo, quem morre é o marisco, e a população não pode morrer, sofrer, porque tem um prefeito que tem uma cabeça que ele vai brigando com todo mundo, não pode ser assim”, ressaltou.

Acerca da pandemia, Pindamonhangaba tem registrado, desde a última semana, declínio nos casos de Covid-19, o que garante ao município queda nos índices de internação. Os dados são avaliados pela secretaria de Saúde o que pode futuramente flexibilizar o decreto que proibiu a realização de eventos (culturais, casamentos e aniversários).

O prefeito assegurou que deve analisar novamente a situação, pois a medida foi tomada quando a ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para o tratamento da Covid-19 na rede particular operava em 150% e na pública em 109%. Ele apontou ainda que o fechamento do comércio da cidade não seria uma boa escolha, uma vez que municípios próximos continuariam abertos, o que faria com que moradores se deslocassem e eventualmente fossem contaminados pelo vírus.

Comando da Saúde – Nesta semana, a ex-secretária de Saúde, Valéria dos Santos, foi exonerada devido a um processo administrativo estadual que ia de frente com a Lei da Ficha Limpa Municipal criada pelo próprio prefeito, quando ainda era vereador.

A expectativa é aguardar o resultado do recurso da defesa de Valéria para analisar a possibilidade de retorno ao cargo municipal. Enquanto isso, a secretária adjunta, Ana Claudia Macedo dos Santos, segue comandando a pasta. O prefeito destacou ainda que o trabalho da secretária afastada, nos últimos anos, foi “fantástico”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?