Em protesto, funcionários da Novelis paralisam produção em Pinda

Protesto realizado por trabalhadores da Novelis; reivindicação de melhores salários e redução de jornada de trabalho (Foto: Sindicato)

Da Redação
Pindamonhangaba

Insatisfeitos com as mudanças do turno de trabalho, os funcionários da fábrica Novelis realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira (12) em Pindamonhangaba.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, a manifestação resultou numa paralisação de cerca de uma hora e trinta minutos da linha de produção de laminados e de reciclagem de alumínios, retomada apenas a partir das 8h30.

Além de reajustes salariais e a redução da jornada para seis horas diárias, o protestou cobrou que a empresa pague um adicional de revezamento de turno aos trabalhadores. Segundo o sindicato, o modelo atual de jornada de trabalho é prejudicial à saúde dos colaboradores, já que os que atuam na produção são obrigados a mudarem de turno a cada semana. Esta inconstância na rotina do serviço tem provocado o aumento de chances de que os funcionários desenvolvam distúrbios do sono, problemas de digestão e problemas cardíacos.

Em nota oficial à imprensa regional, a direção da Novelis afirmou que atua em concordância com as leis trabalhistas e que possui acordos sobre os turnos com os funcionários.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?