Com turismo consolidado, Pinda avança no processo para obter o MIT

Título de Município de Interesse Turístico é foco de planejamento com novos eventos e cronograma; cidade aguarda Assembleia Legislativa

Exposição no museu em Pinda; município busca por MIT para consolidar turismo (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

O trabalho para alavancar o turismo continua como plataforma de destaque em Pindamonhangaba. A cidade tem buscado parcerias com estabelecimentos em pontos atrativos. A Prefeitura anunciou, nesta semana, que tem avançado no processo que foca garantir o título de MIT (Município de Interesse Turístico).

Segundo a gestão, o projeto tem “avançado positivamente” na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), após o Grupo de Análise dos Municípios Turísticos concluir o parecer técnico. No último ano, o órgão analisou a documentação da cidade e realizou apontamentos. A verificação garantiu parecer favorável. A ação conta com tramitação coordenada deputado estadual André do Prado (PL).

Como MIT, as cidades que comprovam projetos e demandas do setor, garantem investimento estadual (atualmente em R$ 650 mil) para fomentar as atividades. Na região, municípios como Cachoeira Paulista e Cruzeiro já contam com o título, enquanto Aparecida, Bananal, Guaratinguetá e Tremembé são declaradas estâncias turísticas. As quatro cidades do Litoral Norte (Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba) são estâncias balneárias e outras quatro são estâncias climáticas (Campos do Jordão, Cunha, Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí).

Espaço que integra a Fazenda Nova Gokula no município de Pindamonhangaba (Foto: Bruna Silva)

Há cerca de quatro anos, Pindamonhangaba tem estruturado o setor turístico com foco na geração de empregos, estímulo econômico e melhoria da qualidade de vida da população. Entre as medidas tomadas pelo governo de Isael Domingues (PL) estão a implantação Plano Diretor de Turismo, Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo.
“Nossa gestão vem trabalhando o turismo em todos os seus aspectos e estruturando Pindamonhangaba para uma ação sustentável que possa gerar emprego e renda. Agradeço ao secretário Alcemir, adjunto Ricardo Flores e toda equipe que está empenhada nesse objetivo”, comentou o prefeito.

Neste ano, a secretaria de Cultura e Turismo de Pinda passou a fomentar a divulgação de locais com atrativos turísticos por meio do City Tour, um passeio guiado que contempla ecoturismo e gastronomia. O projeto já teve quatro edições e conta com trajeto pelos principais prédios da cidade como Igreja São José, antiga casa de cadeia e Câmara Municipal, Igreja Matriz e também o Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina, espaço que conta com mais de 18 mil itens de acervo.

Para a administradora, Renata Oliveira, de 25 anos, moradora do Nova Esperança, o estímulo do turismo local garantirá também que “a população da cidade possa conhecer mais roteiros interessantes”, além de fomentar a cultura regional.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?