Após ampliar leitos, Pinda sente alívio no índice de internações por Covid-19

Expansão de leitos na rede privada e pública possibilitou queda na taxa de ocupação de UTI; contágio segue em alta na cidade

Pinda amplia estrutura para atender demanda de Covid-19; setor da UTI tem 86% de ocupação (Foto: Divulgação PMP)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Com a ampliação dos leitos para pacientes infectados pelo novo coronavírus, a secretaria de Saúde de Pindamonhangaba registrou queda na taxa de ocupação dos leitos intensivos. O número, que chegou a 100% na última sexta-feira (29), caiu para 86% no início da semana.

Depois das festas de fim de ano, marcadas por flagrantes de aglomerações, janeiro se tornou o mês com o maior número de mortes na cidade. A secretaria de Saúde divulgou que, diferente de junho, mês em que houve o primeiro pico da doença, os pacientes chegam agora com estágio mais avançado da contaminação.

No fim da última semana, todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva exclusivos para o tratamento da enfermidade estavam ocupados, o que levou a rede pública a aumentar mais dois leitos, enquanto a privada ampliou para quatro.

Assim, o município passa a ter 33 vagas intensivas para quadros delicados da Covid-19. Os dados mais recentes apontam que a UTI pública possui 86% de ocupação, enquanto a privada está em 83%. Tanto a enfermaria pública quanto a privada seguem na fase verde, com 40% dos leitos ocupados.

Janeiro se tornou o mês mais crítico da pandemia. Enquanto até dezembro a cidade possuía média de sessenta casos diários, no início deste ano Pinda chegou a identificar 180 novas contaminações em um só dia. Conforme o boletim epidemiológico, cerca de 6,3 mil moradores já foram infectados com o vírus e mais 1,7 mil estão em isolamento domiciliar para evitar a proliferação. Somente no último mês, a cidade registrou quarenta óbitos causados por complicações da doença. Este é o maior número no período de trinta dias, desde março passado.

A pasta responsável ainda não descarta a possibilidade de ampliar ainda mais os leitos. A intenção é de seguir monitorando minuciosamente as condições de atendimento da rede de saúde e aceleração dos casos.

Vacinação – Pinda atualizou o plano municipal de imunização contra o novo coronavírus e passou a convocar todos os profissionais da rede municipal de saúde para se vacinarem. O posto dedicado para o serviço é o Ciaf (Centro Integrado de Apoio à Família). É necessário ainda que apresente o termo de consentimento preenchido (o documento está disponível no site da Prefeitura, pindamonhangaba.sp.gov.br).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?