Lorena marca audiência para apresentar revitalização da avenida Peixoto de Castro

Com R$ 4,6 milhões, projeto promete ciclovia, sinalização e recapeamento do principal acesso da cidade

A avenida Peixoto de Castro, que deve receber revitalização; Prefeitura quer ouvir moradores sobre ações (Foto: Bruna Castro)

Bruna Castro
Lorena

O projeto de revitalização e recapeamento da avenida Doutor Peixoto de Castro será apresentado pela Prefeitura em uma audiência pública no próximo dia 18. A intenção da consulta pública é sanar as dúvidas em relação às reformas e duração previstas.

Além da pavimentação nos 2.040 metros de extensão, também será implantada uma ciclovia que ligará a avenida à área central da cidade e bairros que já são atendidos pelo sistema.

O projeto, que deve ser entregue em até quatro meses após a escolha da empresa responsável, tem orçamento de cerca de R$ 4 milhões e está em desenvolvimento desde 2014. O empreendimento faz parte das pautas aprovadas no Plano Diretor, que prevê as obras desenvolvimento urbano da cidade para os próximos vinte anos.

Segundo o secretário de Obras e Planejamento Urbano, Marcos Anjos, os procedimentos para a determinação da empresa responsável pelas obras já estão em desenvolvimento. “O edital está aberto e tem prazo mínimo de trinta dias de publicidade. Se não houver nenhum contraposto entre as empresas que vão participar de imediato, já será assinado o contrato e dada a ordem de serviço”, explicou.

A falta de estrutura é uma das principais reclamações da policial militar Gleyssi Carvalho, 46 anos, que destacou a dificuldade dos pedestres em circular pela Peixoto de Castro.”gAcho que para complementar a revitalização, as calçadas deveriam ser arrumadas. Os pedestres já andam pela rua em certos pontos devido ao estado das calçadas”, criticou.

Gleyssi contou que após a reforma da rotatória, que liga a avenida à rodovia Presidente Dutra e ao Eco Valle Shopping, o trânsito de pedestres ficou comprometido, sem a destinação de calçamento adequado.

Os moradores dos bairros que fazem divisa com avenida também se queixaram dos problemas causados pelos alagamentos causados pelas chuvas. “Eu acho que está sendo muito corrido. Pelo que tenho acompanhado está sendo feito sem nenhum tipo de estudo quanto a escoamento de água. Com os paralelepípedos o escoamento é mais eficaz e ainda assim aqui em Lorena nós temos esse problema”, argumentou.

O autônomo Alan Lopes, 28 anos, acredita que com a reforma a acessibilidade dos pedestres e ciclistas será reforçada. “Acredito que a ciclovia será um benefício para a cidade, já que Lorena possui uma enorme quantidade de bicicletas” projetou.

Com foco na segurança, a iluminação pública é um dos destaques do projeto. O secretário garantiu que haverá a troca de lâmpadas comuns por equipamentos de LED que aumentam a luminosidade e geram economia. Para o escoamento de águas pluviais serão instaladas bocas de lobo em todos os cruzamentos da avenida. “Pensamos também na drenagem. Temos alguns cruzamentos em que serão feitas bocas de lobo. Já viemos trabalhando o entorno dessa avenida com redes de captação pluvial para que nesse momento em que fizesse o recapeamento da avenida nós pudéssemos tirar ou colocar tubulações, ou então por superfícies através de escoamentos nas guias sarjetas”.

A audiência pública será realizada no Ciejap (Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos e Profissional) Milton Ballerini, às 14h30. O espaço fica na avenida São José, nº 150, na Vila Buck. Outras informações sobre o projeto estão disponíveis no site da Prefeitura, lorena.sp.gov.br.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?