Ballerini confirma Carnaval 2022 e retorno das escolas de samba em Lorena

Sem subvenções, Prefeitura deve investir até R$ 150 mil no evento mantido na praça central; programação tem início em janeiro

Reunião entre Prefeitura e representantes das escolas de samba de Lorena para definir edição 2022; evento na praça central (Foto: Divulgação PML)

Rafaela Lourenço
Lorena
 

Lorena confirmou que a cidade está entre as que contarão com o Carnaval em 2022. Além de manter a festividade na praça central, o evento será marcado pelo retorno das escolas de samba e blocos de rua. Com um investimento de até R$ 150 mil, o cronograma segue em desenvolvimento.

Após três reuniões com representantes das seis escolas de samba e dois blocos carnavalescos, o Carnaval de Lorena tem data definida para iniciar as atividades: 22 de janeiro. Não haverá repasses dos cofres públicos às agremiações e competição para as apresentações em fevereiro.

Em parceria com o Clube Comercial de Lorena, a escolha da Corte do Carnaval composta por rainha, rei momo, mini rainha e rainha gay abrirá as atividades carnavalescas, no ginásio poliesportivo do clube. Já no dia 25 de fevereiro, será a abertura oficial do Carnaval com o concurso de Destaques em Destaques com quesitos como criação, transformista, originalidade e luxo feminino e masculino, no mesmo local, a partir das 19h. Como não há repasses municipais, a Liga das Escolas de Samba terá acesso à bilheteria e ao bar nas duas festividades. O ingresso será vendido a R$ 5 e a mesa por R$ 50.

De sábado a terça-feira, o evento será das 15h às 22h, na praça Arnolfo de Azevedo. No sábado, matinê às 15h para as crianças, às 19h apresentação do Batucarte e a atração das 20h ainda será definida. No domingo, 15h matinê, 18h desfile do Bloco 100% e posteriormente a apresentação reduzida de três escolas de samba. O sorteio ainda será realizado entre Estrela D’Alva, Acadêmicos, Gavião Imperial, Unidos de Nova Lorena, Império da Olaria, Império do Vinagre.

Já na segunda-feira, a matinê segue normalmente a partir das15h, o desfile do Bloco do Toko às 18h, seguido da apresentação das outras três agremiações.

De acordo com o presidente da Comissão de Festividades Carnavalescas, o secretário de Trânsitos e Transportes, Lucas Mulinari as ações para garantirem a segurança e o cumprimento dos protocolos sanitários, como a utilização da máscara serão reforçados. Além da Guarda Civil Municipal e de agentes de trânsito, o evento contará com uma equipe de segurança terceirizada, som e iluminação.

As barracas da praça de alimentação serão padronizadas em 3×3 metro na praça Arnolfo de Azevedo, em frente à lotérica. As credenciais serão limitadas e todos os detalhes para cadastramento junto ao setor de Tributação serão divulgados em janeiro.

Com foco no fomento a cultura e a retomada econômica, Mulinari destacou que o evento deve gerar cinquenta empregos diretos e cerca de cem indiretamente. “Traz um giro financeiro para todo o comércio da cidade. Tanto a loja que vende a espuminha de Carnaval, confete, serpentina quanto a que vai vender a fantasia de crianças ou a mãe que vai ao salão de beleza para ir à praça. A população precisa de um pouco de alegria”.

O evento será realizado seguindo as orientações do Governo do Estado de São Paulo, que atualmente mantém a obrigatoriedade do uso de máscara.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?