“Sala do Empreendedor” é aposta para acelerar abertura de empresas em Guará

Realizado por meio da parceria entre Prefeitura e Aceg, projeto conta com participação do Sebrae e atendimento especializado

Sede da Aceg no Centro de Guaratinguetá, que receberá sala do empreendedor (Foto: Fabiana Cugolo)

Fabiana Cugolo
Guaratinguetá

A Sala do Empreendedor de Guaratinguetá é uma iniciativa que nasceu da parceria entre a Prefeitura e a Aceg (Associação Comercial e Empresarial de Guaratinguetá), com o objetivo de auxiliar o processo de abertura de novas empresas no munícipio. O projeto também conta com a parceria do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

A futura sala ficará dentro do prédio da Aceg e a expectativa é de que esteja em funcionamento no mês de agosto. A ação faz parte do plano de recuperação da economia para o pós-pandemia.

O serviço contará com um funcionário da Prefeitura, que ficará na Aceg para atender o empreendedor desde os primeiros passos, como, documentações necessárias, consulta de viabilidade de CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) e demais trâmites que anteriormente eram realizados no prédio da Prefeitura. O atendimento será gratuito. Os custos para o empreendedor serão somente das taxas que já fazem parte do processo de abertura de uma empresa.

O presidente da Aceg, Guilherme Gigli, destacou que o propósito da iniciativa é acelerar o processo de abertura de novas empresas. “A ideia principal da Sala do Empreendedor é reduzir o tempo de abertura da empresa. O objetivo é que a pessoa não precise ir a vários locais, como planejamento, fiscal. A sala será o único lugar necessário para ir e fazer a abertura. A expectativa é de que abertura aconteça no período de 24 a 48 horas”, explicou.

Em Guaratinguetá, a Jucesp (Junta Comercial de São Paulo), órgão que registra o contrato social das empresas, efetivando a abertura, já é localizada dentro da Aceg, fator que incentivou a decisão para a implantação do projeto no prédio.

A participação do Sebrae será frequente após o início dos atendimentos. A instituição disponibilizará um funcionário que fará plantões no local para responder questões e dar suporte. A organização da Sala do Empreendedor projeta que a maior parte do público que buscará pelo serviço seja de contadores e empreendedores com interesse na modalidade MEI (Micro Empreendedor Individual). Nos próximos meses, a Aceg também aguarda a mudança do Banco do Povo, que hoje fica na Estação Rodoviária, para sua sede.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?