Hospitais de Guará aguardam túnel de desinfecção da Basf

Compra de equipamento para profissionais da saúde foi solicitado por vereador; multinacional faz contato com governo da Bahia, que conta com aparelho

A Santa Casa de Guaratinguetá, que também pode receber túnel para auxiliar a higienização dos profissionais da saúde (Foto: Arquivo Atos)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A Basf faz parte do grupo do setor privado que tem reforçado a estrutura de Guaratinguetá no combate à pandemia do novo coronavírus. A empresa recebeu pedido do vereador Marcelo Augusto ‘da Santa Casa’ (PSD) para a aquisição de um túnel de desinfecção, que pode ser instalado nos hospitais Frei Galvão e Santa Casa. A iniciativa tem como espelho a medida colocada em prática pelo Hospital Espanhol, de Salvador-BA no último dia 22.

O equipamento, elaborado na Bahia pelo Senai, tem como objetivo dar mais segurança aos profissionais da saúde. A ideia é instalar algo semelhante nos hospitais de Guará, que comporte uma estrutura de alumínio, tubulação de PVC e bicos aspersores, que fazem o processo de nebulização e higienização. Os profissionais de saúde, quando encerrarem seus expedientes de contatos com pacientes vítimas ou suspeitas de Covid-19, passam pelo túnel e eliminam as bactérias de suas roupas, evitando o aumento do contágio. “Existe uma grande possibilidade (de zerar os riscos de contágio). Hoje, para que as pessoas adentrem os leitos de pacientes com coronavírus, eles precisam fazer toda a sua paramentação e necessitam de ajuda de outros colegas, como também, quando acabam os atendimentos. As vezes se perde muito tempo e é um grande risco. Se você sai de um leito contaminado, qualquer procedimento errado, pode-se colocar em risco outros colegas de trabalho”, afirmou o vereador de Guaratinguetá.

O ofício encaminhado à multinacional alemã do setor químico, conta com um projeto “simples”, segundo o vereador, que não seria “tão oneroso” aos cofres da indústria. Foram solicitados dois túneis, para os dois hospitais, que atendem com internação de suspeitos ou confirmados de novo coronavírus. “A resposta que eu tenho da Basf, que chegou hoje (segunda-feira), é que eles já fizeram contato com o Estado da Bahia para tomar um conhecimento melhor do projeto, para fazer um estudo de viabilidade para implantá-lo em Guaratinguetá”, salientou o Marcelo da Santa Casa.

O valor do equipamento não foi informado pelo parlamentar. Anteriormente, a Basf fez doações de máscaras, luvas, álcool em gel e roupas especiais para atendimentos a casos suspeitos de Covid-19.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?