Câmara de Guará aponta falta de vagas em creches

Apontamento parlamentar destaca dificuldades de famílias com filas de espera; Educação revela que novas unidades devem ser inauguradas em breve

Crianças brincando em creche de Guará; Legislativo cobra ampliação de vagas (Foto: Reprodução PMG)

Bruna Silva
Guaratinguetá

Após o apontamento da Câmara sobre a falta de vagas em creches municipais, a Prefeitura de Guaratinguetá confirmou que ao menos quatro novas unidades devem ser entregues à população. Embora a reclamação tenha sido na última semana, a secretaria de Educação relatou que recebeu requerimento, somente nesta terça-feira (23).

As queixas de falta de vagas para crianças nos espaços educacionais vieram do presidente do Legislativo, Arilson Santos (PSC). “A creche não é apenas um instrumento para que as mães possam deixar seus filhos e exercer atividade laboral, mas principalmente uma das atividades pedagógicas essenciais na vida de uma criança que tem o direito constitucional, para que receba a devida formação”, destacou em requerimento.

Na justificativa da cobrança à Prefeitura, o parlamentar afirmou que mães que precisam trabalhar fora de casa não têm com quem deixar os filhos.

Questionada pela reportagem, a pasta responsável destacou que em 2017, a lista de espera era de mais de trezentas crianças. Quatro anos depois, a lista foi reduzida pela metade e cerca de 150 ainda aguardam as vagas, embora a Prefeitura tenha inaugurado cinco novas creches neste período. A expectativa é que com a abertura de mais quatro unidades, a demanda da cidade seja suprida.

Neste mês, as obras da creche do Parque do Sol entraram em fase final depois de um ano e nove meses. A ação foi viabilizada em parceria dos governos municipal e estadual, através da Fundação para o Desenvolvimento da Educação. Os responsáveis interessados em matricular seus filhos deverão comparecer a escola municipal Euterpe Quissak.

Volta às aulas – Guaratinguetá foi uma das cidades da região a retomar as aulas presenciais nas escolas e creches municipais, conforme esquematização do Plano de Retorno às Atividades Presenciais e nos Protocolos de Biossegurança. Aulas voltaram no último dia 8, sob restrições do combate à Covid-19.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?