Aprovada pelo Estado, regulação do Samu de Pinda por Guará inicia em abril

Mudança deve garantir chegada recurso e apoio pode reduzir despesa municipal em mais de 30%

Viatura do Samu, em Guará; cidade de Frei Galvão terá base para atendimento de Pindamonhangaba (Foto: Arquivo Atos)
Viatura do Samu, em Guará; cidade de Frei Galvão terá base para atendimento de Pindamonhangaba (Foto: Arquivo Atos)

Lucas Barbosa
Pindamonhangaba

Após receber no último dia 15 o aval do Governo do Estado para ser incluída no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) Regional de Guaratinguetá, Pindamonhangaba tem a expectativa de receber recursos governamentais durante o ano para o custeio das despesas com o serviço. Caso receba apoio estadual e federal, os gastos com o Samu, que no geral não ultrapassariam a metade do que seria gasto no antigo sistema, poderão cair mais de 30%.

Mais de um ano após deixar o Cisamu (Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Vale do Paraíba e da Região Serrana), que contava com mais oito municípios, Pinda foi autorizada pela CIB (Comissão Intergestores Bipartite), ligada ao Estado, para transferir a Central de Regulação Médica do Samu para Guará. Na unidade, médicos serão responsáveis por receberem as ligações de pedidos de urgência de Pinda, realizando a triagem e a classificação em função da emergência do caso. Os médicos determinarão também qual tipo das três ambulâncias de Pinda, como a de suporte básico ou a de UTI–Móvel (Unidade de Tratamento Intensivo) resgatará as vítimas.Além de explicar que a previsão é que a Central de Regulação comece atender Pindamonhangaba a partir da primeira semana de abril, a secretária de Saúde e Assistência Social, Valéria dos Santos revelou que a Prefeitura investirá no serviço cerca de R$ 280 mil mensais. A contratação resultará numa economia mensal de mais de R$ 110 mil, comparado ao antigo contrato   com o Cisamu, gerido por Taubaté, que chegava a quase R$ 400 mil.

A chefe da pasta afirmou que a economia poderá aumentar ao longo do ano. “Com essa aprovação da CIB, o Samu ficou apto a ser habilitado   junto ao Ministério da Saúde. Poderemos contar mensalmente com um apoio estadual de cerca de R$ 65 mil e um federal de R$ 90 mil. É importante destacar que a transferência para a Central de Guaratinguetá resultará numa economia anual de mais de R$ 1 milhão para os cofres municipais”.

O prefeito Isael Domingues comemorou a redução nos gastos. “No momento são duas e uma reserva (ambulância). Com essa habilitação e qualificação, a gente tem a possibilidade de fazer um estudo para colocar uma terceira equipe para atuar. A economia que eu tive de 2017 para 2018 foi de aproximadamente R$ 2 milhões”.

De acordo com a secretária, os próximos passos do processo de transferência conta com reuniões entre a pasta de Pindamonhangaba e a secretaria de Saúde de Guaratinguetá para a realização de treinamentos das equipes técnicas que atuarão no serviço. “A população pode ter certeza que o Samu de Pinda continuará funcionando de forma altamente eficaz e qualificada”.

Histórico – Em março do ano passado, o prefeito Isael Domingues (PR) anunciou a saída de Pindamonhangaba do Cisamu, alegando que o Município não tinha    condições financeiras de arcar com as despesas, que chegavam anualmente em cerca de R$5 milhões.
Gerido pelo prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), o consórcio conta também com Campos do Jordão, Tremembé, Santo Antônio do Pinhal, Lagoinha, Redenção da Serra, Natividade da Serra e São Luiz do Paraitinga.

Desde então, Pinda mantém o serviço de urgência e emergência através do contrato com a empresa Emercor e a Clínica Médica Vale Guaratinguetá.
A expectativa da Prefeitura era que a transferência da Central de Regulação Médica do Samu para Guaratinguetá fosse concretizada ainda em 2017, mas devido a embates com a antiga direção do Comus (Conselho Municipal de Saúde) o processo acabou atrasando.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?