Thales Gabriel e empresa firmam contrato para construção de shopping em Cruzeiro

Prefeitura e da HLMM visitam área escolhida para o empreendimento; obra ainda não tem data de início

Visita de representantes da HLMM e da Prefeitura no espaço onde será construído o shopping de Cruzeiro (Foto: Divulgação PMC)

Lucas Barbosa
Cruzeiro

Quase duas semanas após vencer o processo licitatório, a empresa HLMM – Administração de Bens Ltda assinou na última semana o contrato com a Prefeitura de Cruzeiro para a concessão do prédio que abrigará o futuro shopping. Com a celebração do documento, o próximo passo rumo ao início da construção do centro comercial será a elaboração de um plano de preservação histórica do imóvel.

Representando a HLMM, gerida pelo mesmo grupo empresarial proprietário da rede de supermercados Shibata, estiveram em Cruzeiro na última quarta-feira (15) os diretores Fábio Shibata e Fernando Shibata. Recebidos pelo prefeito, Thales Gabriel Fonseca (PSD), os empresários assinaram o contrato de concessão, por vinte anos, do antigo prédio da Agef (Armazéns Gerais Ferroviários), que fica na rua Doutor Othon Barcellos no bairro Vila Paulista. Avaliado em R$ 21,6 milhões e com uma área de 47.081,00 m², o imóvel foi cedido pelo Governo Federal ao Município no fim do ano passado para que a Prefeitura tentasse atrair interessados em erguer um shopping no local. A medida surtiu efeito. No último dia 2, a HLMM venceu processo de concorrência pública para a construção e administração do centro comercial.

Após assinarem o contrato, os representantes da terceirizada e da Prefeitura participaram de uma visita técnica ao local onde será instalado o empreendimento. Por um vídeo publicado em sua página oficial no Facebook, Fonseca comemorou o avanço no processo burocrático. “Já assinamos o contrato e agora partiremos para a aprovação dos projetos técnicos e na sequência para o início da obra. A implantação do shopping é mais uma meta que estamos alcançando e que irá impulsionar a geração de empregos e contribuir muito para o desenvolvimento econômico da cidade”.

De acordo com a Prefeitura, a expectativa do grupo Shibata é que nos próximos dias seja iniciada a elaboração do Plano de Preservação do Patrimônio Histórico e Ferroviário do antigo prédio da Agef.

Nesta etapa, serão levantados dados técnicos e históricos para a produção de um relatório, que deverá ser entregue ao Executivo em até sessenta dias. O documento será encaminhado para as avaliações do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) e do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Caso obtenha o aval dos órgãos, a HLMM poderá iniciar a construção efetiva do shopping, que deverá ser concluída em até dois anos.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?