Cruzeiro recebe sinal verde para instalação de unidade do Poupatempo

Cidade se junta a outros oito municípios da RMVale, que contam com o serviço; IPTU 2021 não tem reajuste do georreferenciamento

Rede Poupatempo é ampliada na região com nova sede em Cruzeiro; cidade aguarda equipe da Prodesp (Foto: Reprodução)

Thales Siqueira
Cruzeiro 

A Prefeitura de Cruzeiro confirmou, na última quarta-feira (24), a instalação de uma unidade do Poupatempo, após um encontro realizado em São Paulo, entre o prefeito Thales Gabriel Fonseca (PSD) e o diretor da Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), Murilo Macedo. Com a implantação, a cidade será uma das nove da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) a contar com o serviço. Outra informação de destaque aos cruzeirenses foi a decisão da Prefeitura de não incluir o índice que seria implantado após o georreferenciamento no IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) deste ano.

O órgão estadual, que oferece a emissão rápida de documentos (carteira de identidade, carteira nacional de habilitação, licenciamento de veículos e atestado de antecedentes criminais), conta atualmente com unidades em Caraguatatuba, Guaratinguetá, Jacareí, Pindamonhangaba, São José dos Campos, São Sebastião e Taubaté. No final de 2020, Piquete também foi contemplada com o Poupatempo.

Além de Fonseca, participaram da reunião na última quarta-feira, em São Paulo, a vereadora Sandra Cunha (MDB), o deputado estadual Jorge Caruso (MDB), o vice-prefeito Paulo Scamilla (MDB)e o chefe de gabinete, Sávio Rocha. “Com a chegada do Poupatempo em Cruzeiro, vários municípios serão beneficiados, trazendo mais agilidade e comodidade aos moradores do Vale Histórico. Serão oito cidades e aproximadamente 150 mil habitantes, que poderão ter à disposição, os serviços que o Poupatempo oferece”, frisou Gabriel.

Uma equipe da Prodesp visitará a Cruzeiro em até vinte dias, para realizar os estudos técnicos de viabilidade para a devida instalação da unidade.

O Poupatempo será instalado no antigo prédio do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que atualmente está sob a gestão da Prefeitura, para que se inicie o projeto de unificação de todos os serviços em um único espaço (municipais, estaduais ou federais). Ainda não foi divulgado valores do investimento e do prazo para o início do atendimento na unidade, informações que devem ser confirmadas após a visita técnica da Prodesp.

IPTU – A Prefeitura informou que o lançamento e cobrança das alterações de áreas construídas, identificadas pelo trabalho de geoprocessamento realizado não serão incluídas no cálculo do IPTU neste primeiro semestre. A decisão foi baseada na atual situação econômica da cidade, e também, devido a pandemia da Covid-19. “A gente tem essa preocupação, essa sensibilidade de ao mesmo tempo que a gente tem que fazer a gestão tributária de forma correta, de forma responsável. Temos sobre um outro ponto de vista toda a questão econômica da pandemia, do poder financeiro diminuído das pessoas nesses últimos 12 meses”, destacou o prefeito.

As notificações estão sendo entregues e o morador que não concordar com os cálculos, poderá contestar as informações até dia 31 de maio, na secretaria de Obras, localizada na rua Capitão Neco, nº 18, no Centro.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?