Cruzeiro inicia recuperação de estradas rurais orçada em quase R$ 10 milhões

Obra beneficia produtores agrícolas e famílias de três bairros; recapeamento asfáltico deve ser concluído em até 180 dias

Recuperação da estrada municipal Vereador Arsênio Ferreira de Carvalho; cidade planeja duas fases de recapeamento (Foto: Divulgação PMC)

Da Redação
Cruzeiro

Com um recurso estadual de quase R$ 10 milhões, a Prefeitura de Cruzeiro iniciou no último dia 19, as obras de recapeamento asfáltico das duas principais estradas da zona rural. A ação busca facilitar o escoamento da produção agrícola e também garantir mais segurança aos motoristas que trafegam por três bairros.

De acordo com o Município, a primeira etapa do serviço contempla a estrada municipal Vereador Arsênio Ferreira de Carvalho, que liga a rodovia SP-058 aos bairros Brejetuba e Várzea Alegre. As melhorias no calçamento da via, que possui uma extensão de 5,117 quilômetros, contam com um investimento estadual de R$ 7,074 milhões.

Orçada em R$ 2,858 milhões, a fase seguinte recapeará os 3,020 quilômetros da estrada municipal Prefeito José Manoel Ferreira de Carvalho, principal ponto de ligação entre os bairros Brejetuba e Embaú Mirim.

Segundo o Executivo, o recurso de R$ 9,932 milhões necessário para a viabilização das obras, foi liberado pelo Estado após a celebração de um convênio entre o prefeito, Thales Gabriel Fonseca (PSD), e o superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Edson Caram, em 17 de novembro do ano passado.

As melhorias na pavimentação das estradas vicinais atendem a uma antiga reivindicação das famílias da zona rural e produtores agrícolas, que há anos são obrigados a conviverem nos trechos com buracos, ondulações e poeira. “Estamos muito felizes em acompanhar o início da recuperação asfáltica dessas duas importantíssimas estradas vicinais. Esse trabalho conjunto entre o Município e o Estado visa melhorar a qualidade de vida da população, valorizar e fortalecer a nossa zona rural, facilitando ainda o escoamento da produção agrícola”, destacou o prefeito.

De acordo com o Executivo, a previsão é que as obras sejam concluídas num prazo de até seis meses.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?